Pesquisar este blog

Follow by Email

LINK...

sábado, 5 de novembro de 2011

QUAL É O SEU DOM? QUAL É A SUA MISSÃO NA VIDA?

QUAL É O SEU DOM? QUAL É A SUA MISSÃO NA VIDA?

QUAL É O SEU DOM? QUAL É A SUA MISSÃO NA VIDA?



É quase certo que algum dia você já se perguntou: Qual será o meu Dom? Qual é a minha missão nesta vida? Talvez você não tenha obtido resposta na ocasião, mas pode ter certeza que todo mundo tem um Dom, portanto, você também tem. É através desse Dom que devemos servir aos outros cumprindo a nossa missão de vida e assim nos realizarmos internamente e como consequência externamente também.

Para algumas pessoas, estas questões já estão bem resolvidas, mas para muitas as respostas ainda são incógnitas a serem decifradas. Essas pessoas se sentem em conflito e sem direção diante do que devem fazer na vida, pois os valores espirituais e materiais se confrontam na mente delas criando muitas dúvidas que a impedem de descobrir qual é o seu verdadeiro Dom.

Para essas pessoas existe muita confusão em relação de como esses dons podem se manifestar. Talvez essas pessoas pensem que só pessoas especiais têm dons. Na cabeça delas, o Dom deve ser uma coisa muito rara de se ter... Deve ser comum elas dizerem: eu não tenho nenhum Dom e não sei o que fazer na vida, acho que não sei fazer nada...

O Dom, como a palavra já diz, é uma dádiva, um presente cósmico que rebemos quando nascemos. Alguns dons também podem ser o resultado de experiências, estudos e especializações feitas em vidas passadas.

Algumas pessoas têm vários dons, mas isso não quer dizer que tenham mais importância para o Cosmos, talvez elas tenham mais responsabilidade, pois como os nossos orientadores nos dizem, "quanto mais se sabe, mais se tem pelo que responder". Outros têm apenas um Dom e também não são menores diante dos outros, pois talvez sejam muito especializados naquilo que sabem ou fazem... Portanto medidas mundanas não nos servem para analisar estas questões.

Bem, na realidade o Dom é algo muito simples, ele é puramente aquilo que temos maior facilidade e também prazer em fazer. Pode ser o Dom de cozinhar, o Dom de falar, o Dom de desenhar, o Dom de educar ou o Dom de medicar. Tem também o Dom de limpar, de planejar ou de construir e também o Dom de fazer os outros sorrirem. O que as pessoas precisam entender é que qualquer tarefa realizada com Amor é uma manifestação de algum Dom. Não existe um Dom mais valioso que o outro, pois todos eles são complementares entre si para ajudar a estabelecermos a unidade entre nós.

Voltando à questão de como descobrir qual é a sua missão de vida, em vez de se perguntar qual é o seu Dom, pergunte-se o que você gosta mais de fazer, o que você faz com naturalidade, o que lhe traz alegria ao fazer. A resposta deve ser sincera, sem estar ligada ao que a sociedade espera ou esperaria de você. Também não tente enganar a si mesmo buscando uma resposta ligada às suas expectativas materiais, esta resposta deve ser franca e vir lá do seu íntimo, do seu coração. Não pense no salário relativo à profissão escolhida, mas sim como você poderá exercer essa profissão de forma digna dando o melhor de si mesmo. Não é preciso um alto cargo em uma empresa ou então se tornar alguém famoso para se realizar internamente, é preciso apenas entender que você só será feliz se fizer o que realmente veio fazer aqui através do seu Dom.

Um exercício que talvez ajude você a descobrir qual é o seu Dom, é buscar lembranças na sua infância. Tente lembrar-se de coisas que você gostava de fazer na época ou então o que você gostava de ver os outros fazerem.

Os erros que geralmente acometem as pessoas ao fazerem escolhas sobre as suas profissões estão em não levarem a sério a sua intuição e se apegarem somente ao que a sociedade lhes impõe como modelo. Precisamos nos lembrar de que os valores estabelecidos pelo atual sistema só visam o lado material, e o que deve importar para nós realmente é o lado espiritual da situação.

Estamos cansados de ver pessoas insatisfeitas e confusas em relação ao que fazem porque simplesmente elas não descobriram ainda qual o seu verdadeiro Dom e escolheram missões totalmente equivocadas porque se deixaram levar pela opinião dos outros ou pelo seu próprio Ego.

Se você é uma dessas pessoas não se desanime, nunca é tarde para se descobrir, faça uma meditação sobre isso e deixe o seu Eu Maior lhe mostrar qual é o seu verdadeiro DOM e seja feliz. Acredite, você é naturalmente livre para escolher a resposta certa, ok?

Namastê,

Márian
Seja um amigo nosso no Facebook:http://www.facebook.com/marian.soluz