Pesquisar este blog

Follow by Email

LINK...

sexta-feira, 30 de dezembro de 2011

ANTIPATIAS DE ANO VELHO:


Antipatias de ano velho:

Você teve um ano ruim? Levou um pé na bunda, o chefe pegou no seu pé o ano todo, seu colega tentou puxar seu tapete e a sogra te infernizou?

Não se preocupe, vamos te ajudar a jogar essa zica para bem longe e entrar com o pé direito em 2012.

Em vez das tradicionais simpatias de fim de ano, vamos te ensinar a fazer “antipatias de ano velho”, para espantar tudo de ruim que te aconteceu em 2011.

Queimando tudo:

Recorte pedaços de papel e escreva em cada um deles as coisas ruins que te aconteceram esse ano. No dia 31, faça uma pequena fogueira na praia ou no quintal, ou acenda a lareira, se tiver uma. Queime cada pedaço de papel, mentalizando aquele fato ruim saindo de vez da sua vida. Só tome cuidado para não provocar um incêndio!

Na geladeira:

De novo, recorte pedaços de papel e escreva em cada um deles o nome das pessoas que te atazanaram nesse ano. Dobre-os e coloque-os dentro de um saquinho, desses de conservar alimentos. Coloque o saquinho dentro do freezer, mentalizando aquelas pessoas se afastando de você. Deixe o saquinho dentro do freezer por pelo menos um mês (se puder deixar o ano todo, melhor).

Xô, rival:
A ex do seu namorado continua atrás dele? Então faça essa antipatia: pegue uma folha de papel tamanho sulfite, desenhe um círculo e escreva o nome da sua rival dentro. Jogue um punhado de sal grosso dentro do círculo. Dobre o papel cuidadosamente, queime-o e jogue as cinzas ao vento, para ele levar a sua rival para bem longe.



Afasta azar:
Bateram no seu carro? Sofreu algum acidente? Foi assaltado? Se você tem a sensação de que o azar só acontece para você, tente isso. Pare na frente da porta de sua casa com um saco de sal grosso nas mãos. Jogue um punhado por cima do ombro e repita do outro lado. Entre em casa e jogue outro punhado para fora. Diga: “azar, azar, comigo não pode entrar”.

Bolso cheio:
Se 2011 foi um ano de carteira vazia para você, tente esse pequeno ritual para espantar a pobreza. Espere a próxima noite de lua cheia e vá para um lugar de onde você possa ver bem a Lua. Se puder ir a um lugar alto, como a cobertura do prédio ou um mirante, melhor. Pegue uma cédula de qualquer valor, aponte-a para a Lua e recite: “Lua cheia, que vem do Oriente, com toda a sua força. Quero que multiplique essa nota por milhões”. Repita pelo mesmo número correspondente à cédula que escolheu.