Pesquisar este blog

Follow by Email

LINK...

terça-feira, 20 de dezembro de 2011

O QUE NOS INDICAM OS ASTROS PARA 2.012 ???























O que nos indicam os astros para o ano de 2012?

:: Graziella 


Marraccini :: 
Ao se aproximar o ano de 2012, começamos a indagar o que nos reserva o futuro, especialmente porque este próximo ano foi muito comentado em relação às previsões do Calendário Maia que indicam este como sendo um ano crucial para o nosso planeta.
Em nossa mente, começam a pipocar inúmeras perguntas: como será o novo ano?

Conseguirei alcançar minhas metas? Cumprir minhas promessas? Teremos crises mundiais? Tsunamis, catástrofes? Como ficará minha saúde? E minhas finanças? Enfim, não faltam perguntas na mente de todos, não é mesmo? Em nível pessoal, as previsões fazem parte daquilo que chamamos de Previsões Anuais que indicam os ciclos dos chamados ‘Deuses da Mudança (incluem progressões lunares e trânsitos planetários) e requerem os dados de nascimento da própria pessoa numa consulta confidencial. Em nível mundial, porém, é possível analisar os fatores astrológicos mais importantes que indicam se um ano será mais ou menos favorável, descrevendo as principais tendências astrológicas. Por último, podem ser analisados mapas de Países, como eu costumo fazer anualmente para o Mapa do Brasil.

Desde que abrimos o nosso site pessoal em parceria com o STUM costumamos publicar as Previsões Anuais para o Brasil, numa análise baseada no Mapa da Independência do Brasil, ou seja, no momento exato em que o Brasil ‘nasceu’ como nação independente em 7 de setembro de 1822, por volta das 16h30, em São Paulo.

O Brasil tem o Sol em Virgem, o Ascendente em Aquário, a Lua em Gêmeos. Em astrologia Mundial, o Sol tem relação com aquilo que o país revela sobre sua ‘personalidade coletiva’ mas também se relaciona com as figuras de destaque, os artistas, os chefes de estado e as lideranças nacionais. O Ascendente se relaciona com a imagem que temos coletivamente em relação aos outros países, ou seja, como nos mostramos aos olhos do mundo. Aquário, signo do Ascendente, relaciona-se com aquilo que chamamos ‘fraternidade, igualdade e liberdade’, e se refere também aos assuntos sociais e comunitários, ao progresso e ao futuro. A Lua tem a função de nos mostrar a emotividade coletiva, ou seja, como o povo reage e se expressa, e indica os movimentos públicos, os assuntos do trivial doméstico das famílias, do dia a dia, do trabalho diário. A Lua do Brasil se encontra em conjunção com Júpiter no signo de Gêmeos, o que explica, em parte, porque nosso povo é tão emotivo, sentimental, ao mesmo tempo que tem aquela atração incrível pelos assuntos triviais, à família, e também porque adora novelas e futebol! Um pouco de exagero na expressão das emoções e até uma certa dificuldade em aceitar limitações e restrições também podem ser fruto dessa conjunção planetária. Mas vamos a análise de 2012:

TRÂNSITOS PLANETÁRIOS: CICLOS DOS PLANETAS LENTOS

Em astrologia mundial, o trânsito dos planetas lentos sobre o mapa natal de um país ou cidade, são importantes para indicar que tipo de sincronicidade astral irá atuar numa determinada área. Deste jeito, poderemos determinar como o planeta irá atuar e em que área irá efetuar sua influência. Além disto, a interação entre vários planetas nos ajudará a formar um quadro mais preciso sobre essa ação. Examinamos principalmente os planetas lentos, Júpiter e Saturno, e depois Urano, Netuno e Plutão, por serem relacionados com a coletividade, ou seja, com o destino coletivo.

Plutão se encontra a 6º de Capricórnio e continuará seu curso nos próximos 19 anos aproximadamente. Ele está em conjunção desde 2007 com os planetas Netuno e Urano que se encontram na cúspide da Casa XI do mapa do Brasil. Esta é a Casa astrológica de Aquário tradicionalmente relacionada com os projetos futuros, os membros do Congresso, os sindicatos e partidos políticos de esquerda, o legislativo e o parlamento. Plutão se relaciona com os assuntos sexuais, como AIDS e outras doenças sexualmente transmissíveis, com a corrupção, com o petróleo, a computação, a reserva de mercado, o metrô, esgotos, túneis, e assuntos da coletividade. Por isso, ainda teremos grandes modificações (transformações) nestas áreas que terão o foco das ações do congresso.

As falcatruas, as sujeiras que estão surgindo no ambiente político são frutos desta ação e tomara que isso sirva para transformar e purificar todo esse ambiente! A área da Casa XI tem analogia também com a ciência e a tecnologia, as descobertas científicas, os projetos de longo prazo, e esse aspecto astrológico poderá promover belíssimas conquistas especialmente na área da genética, computação, transplantes e pesquisa científica e tecnologia. Os países amigos (vizinhos ou não) continuarão sendo alvo das iniciativas do Congresso no sentido de aprovar leis protecionistas em relação ao mercado de capitais ou outros campos de nossa economia.

O aspecto de conjunção de Plutão com Urano e Netuno no mapa natal do Brasil permanecerá intenso até 2012, diminuindo finalmente em 2013, por isso as transformações e remanejamentos nesta área influenciarão ainda nosso país por um longo tempo e muitas coisas ainda irão surgir, sujeiras que estão escondidas por debaixo do pano: a corrupção será muito focalizada pela mídia e irá descobrir as falcatruas cometidas pelos governantes como já esta acontecendo há alguns anos. Além disso, como Plutão rege também o petróleo e os produtos do nosso subsolo e as riquezas minerais, esses assuntos estarão sendo ainda salientados na mídia do país, como já vimos acontecendo com a descoberta do petróleo na camada de pré-sal. O campo da computação, as obras do metrô e esgotos e saneamento básico, os túneis, são fatores regidos por Plutão. Os centros espaciais e os combustíveis como o biodiesel também serão alvo de ações por parte do Congresso.

Capricórnio, signo onde Plutão transita, representa os governantes e as classes dirigentes, a administração pública e privada das grandes empresas, os chefes de maneira geral e as personalidades de destaque do país. Esse signo é relacionado ao governo, ao sistema capitalista que rege a economia ocidental, e indica o status social e o ambiente profissional. O Brasil tem parte deste signo ainda na Casa XI cujo significado foi descrito anteriormente. A reputação do nosso país estará em evidência como uma potência emergente e de grande importância e terá voz atuante nos planos de longo prazo que irão mudar os paradigmas da economia mundial.

Em progressão mundial, Plutão estará novamente em quadratura (aspecto tenso) com Urano, num mesmo aspecto que aconteceu entre maio e setembro de 2011 e no mesmo período de 2010. Isso indica que os problemas econômicos não acabaram, mas chegarão a um ponto crucial com o sobe e desce das bolsas, o crack de bancos e modificação dos modelos econômicos. Iniciaremos mais um período difícil, marcado por medidas restritivas e dramáticas, inclusive, em nível mundial. Depressão, pessimismo, privações e miséria serão assuntos na mídia, especialmente entre maio e junho. As mortes coletivas podem aumentar ainda mais nos países menos desenvolvidos. Os meses de junho e julho serão particularmente difíceis.

Netuno ingressa no signo de Peixes em fevereiro e ficará em trânsito, nos próximos 12 ou 13 anos. Netuno, Deus dos Oceanos, tem analogia com a casa de Peixes e com o Carma coletivo, com o sofrimento, a pobreza, os hospitais, os excluídos, os índios e as minorias sociais e raciais. Outros assuntos focalizados por Netuno são também os pescadores e os assuntos do mar, assim como das águas de maneira geral. Um outro foco será dado ao contrabando, ao tráfico de drogas e outras máfias de todo tipo.
Por essa razão, esses assuntos ainda serão focalizados pela mídia, pois farão parte de nossa responsabilidade cármica coletiva e não serão facilmente resolvidos a não ser através de uma mobilização da sociedade como um todo. Porém, Netuno é também o planeta do onírico, do sonho, da fé e do esoterismo, da inspiração e da criatividade. Mas no aspecto negativo, este planeta evidencia todos os vícios da humanidade, os problemas sociais, o mundo do crime, das drogas, dos seqüestros, da violência, da pirataria, das transgressões e das máfias.
Netuno em aspecto tenso aumenta o risco de epidemias e envenenamentos, vírus e epidemias, contaminação das águas, dos mananciais, falta ou excesso de água, perigo de afogamentos e naufrágios. A passagem de Netuno no ASC do Brasil parece deixar, porém, as pessoas muito entorpecidas, sonhadoras, preferindo a fuga à ação. Não é por acaso que não conseguimos mais reagir com a devida firmeza contra os inúmeros escândalos na classe política! O período mais tenso acontece entre março e julho.

Do ponto de vista mais negativo, esse trânsito planetário salientará ainda mais a condição da saúde pública dos hospitais, a superlotação das prisões, onde ainda ocorrerão casos de intoxicações, envenenamentos, contaminações por vírus, erros médicos, etc.
A máfia do tráfico continuará reinando nas favelas do Rio de Janeiro e as inundações, chuvas, marés e poluição das águas em geral serão focalizadas pela mídia, assim como o derretimento das calotas polares, e a poluição, causas do aquecimento global. Álcool e gás também são assuntos de Netuno e podem ser alvo de medidas do governo.

A primeira casa do zodíaco representa o povo do país e a forma como esse povo se mostra, ou seja, a personalidade coletiva do brasileiro. Por isso, continuaremos sendo evidenciados por esses assuntos mais negativos, porém, o seremos também pela nossa música, pelo nosso cinema que continuará em destaque no exterior. Salientando a necessidade de melhorar as relações inter-raciais e a tolerância; nosso povo precisará continuar no caminho da espiritualidade.

Urano em trânsito em Áries desde março de 2011 avança pela Casa II, casa dos bens materiais, dos bancos e do dinheiro. A conjunção de Urano com o Plutão natal do mapa, ativa desde o ano passado, e persistente o ano inteiro, pode indicar o início de reformas na área financeira e também de outras medidas visando especialmente retomar algumas taxas como a CPFM, algo já tentado e abandonado. Urano estará em Áries que é um signo de violência e de agressividade e de iniciativas também. Urano certamente servirá de estopim para ações reformadoras em muitos campos, mas, especialmente, na área financeira. Urano funciona como um holofote, um cristal que reflete a luz do sol de várias maneiras, abrindo o caminho da luz onde existem as trevas. Não há como esconder mais a corrupção, a roubalheira, a sujeira que está debaixo do tapete! A conjunção deste planeta com Plutão do mapa natal já dura há mais de um ano e avançará até os primeiros meses 2013. Seja bem-vinda a limpeza!

Saturno transita agora no signo de Libra ainda até setembro, já influencia a Casa IX, que é a casa da justiça, das leis, da religiosidade, dos relacionamentos com os países estrangeiros. Em outubro Saturno ingressa em Escorpião.

Saturno é o planeta das limitações da responsabilidade, das ações do governo que visam regulamentar essas áreas da nossa vida coletiva. Nos primeiros meses do ano e depois a partir de agosto ao final do ano ele ficará em conjunção com Marte indicando medidas restritivas em relação as áreas indicadas pela casa planetária. A partir de outubro de 2012 ele ficará também em oposição ao Saturno natal do mapa do Brasil. Este não será um período fácil: haverá depressão, pessimismo, restrições e leis duras e limitadoras, medidas de contenção da inflação e o aumento do custo de vida. Provavelmente teremos crise na construção civil. Partidos conservadores e de situação ganharão destaque. Assuntos ligados aos mais velhos, como aposentadoria, proteção para terceira idade, também serão focalizados. O clima estará mais frio e seco. Medidas econômicas restritivas deverão ser focalizadas ainda entre 2013, portanto é bom se preparar para as vacas magras.

Júpiter é chamado de grande benéfico, e transita na Casa III, em Touro e esta é a área da comunicação, marketing, comercio, importação e exportação. A conjunção de Júpiter com Saturno volta no inicio do ano no signo de Touro e será favorável ao nosso país, indicando medidas de saneamento da economia, equilíbrio da balança comercial. Melhora da economia especialmente em março, abril e maio. A partir de junho, Júpiter, iniciará uma conjunção com a Lua e com o Júpiter com mapa natal do País. Essa conjunção voltará a acontecer entre novembro de 2012 e abril de 2013. Indica euforia, otimismo e expansão em muitos sentidos. Pode indicar um período de prosperidade mas também de exageração de excessos em muitos sentidos. È possível que focalizemos também os investimentos e a inflação, a economia de mercado. O turismo estará em evidencia talvez em vista dos jogos olímpicos, copa do mundo, etc. etc.

Junho e julho serão marcados por acontecimentos coletivos de grande intensidade, capazes de promover uma comoção generalizada. Em 06 junho Vênus será eclipsada pelo Sol, completando um ciclo de 224 dias e ¾. Essa é a indicação fornecida pelo Calendário Maia. Lembrando que Vênus rege Touro (bens e valores materiais e bancos) e Libra (relacionamentos humanos e sociedades) podemos pensar que estas duas áreas entrarão em colapso. O equilíbrio econômico e a paz mundial estarão ameaçados ou serão finalmente alvo de medidas definitivas e coletivas.

Continuemos a agir com fé, melhorando nossa espiritualidade e a conexão com o Todo, pois é somente desta forma que conseguiremos superar as dificuldades e percalços que encontraremos no caminho. Lembremos que tudo está na Divina Ordem!

Um feliz 2012 para todos, de muita Paz, Luz e Prosperidade!