Pesquisar este blog

Follow by Email

LINK...

terça-feira, 1 de maio de 2012

CONTO CIGANO...


Conto Cigano
Cavalga ao longe
Elmo prata e bandeira azul
Grito de guerra
A cigana corre
Foge
Seus olhos buscam caminhos
Na areia fina e fofa
Mais perto se tornam
Grito e elmo prata
O sol brilha o ouro da cigana
Deixa rastro no ar
A cigana sem ar canta algum socorro
Elmo prata e bandeira azul como gigantes
Vêem as costas da cigana em suor
E cavalga mais rápido, mais rápido
Desespero atirado ao chão
A cigana cai
Sobre ela o elmo prata
Os olhos ciganos fecham
O elmo prata é atirado ao longe
Nos lábios da cigana, outros lábios
E ela agradece em canto.
O amor que há tanto perseguia
Agora
A beijava

(ANJO DE  OGUM)