Pesquisar este blog

Follow by Email

LINK...

quarta-feira, 10 de outubro de 2012

ESPÍRITOS DA UMBANDA- LINHA DO ORIENTE:

ESPÍRITOS DA UMBANDA - LINHA DO ORIENTE:

 

Ante o sucesso da série de estudos "Orixás da Umbanda",  surgiu a necessidade de prosseguir os estudos sobre nossa sagrada religião. Uma vez que os Orixás já foram comentados, é chegado o momento de falar dos espíritos, das entidades que atuam na Umbanda, que comandam nossos trabalhos e que nos trazem mensagens do plano espiritual. Buscar-se-á abordar todas as questões inerentes ao tema, deixando claro, logicamente, que o leitor possui toda a liberdade de questionar e de mandar suas dúvidas.


Que Oxalá nos ilumine! Um bom estudo a todos!


ESPÍRITOS DA UMBANDA - LINHA DO 
ORIENTE


Seguindo nossa série de Estudos sobre os espíritos que integram a religião de Umbanda, iremos tratar neste texto de espíritos místicos, de grande conhecimento, sabedoria e cultura. São eles nossos irmãos Orientais.

Sabidamente,  a cultura Oriental é muito mais antiga e avançada do que a existente no ocidente. Surgiu no Oriente os primeiros sábios, a medicina avançada, o misticismo. Enfim, Oriente é sinônimo de conhecimento.


Como a Umbanda é uma religião que oferece a todos os espíritos a oportunidade de se manifestar e servir a caridade, é na Linha do Oriente que se manifestam espíritos que, quando encarnados, professavam outras crenças, como por exemplo, o Budismo, Xintoísmo, Hinduísmo,  Islamismo, antigas religiões egípcias, etc. Espíritos que, apesar de continuarem vinculados àquela fé, aceitaram adentrar à seara umbandista e, em nome da caridade e do amor ao próximo, manifestam-se nos terreiros, trazendo seus conhecimentos para a cura, para o ensinamento e para o conforto. 

Há registros de manifestação de entidades da Linha do Oriente na Tenda Nossa Senhora da Piedade, casa mater da Umbanda. Todavia, são poucas as casas que trabalham com essa Linha.  

Na doutrina seguida pela Tenda de Umbanda Filhos da Vovó Rita, a Linha do Oriente integra uma das Sete Linhas de Umbanda.  Sendo assim, são realizadas sessões de desenvolvimento nessa Linha durante o ano.

Os espíritos que se manifestam nessa Linha, são espíritos calmos, discretos, que pouco falam. Espíritos que  não se utilizam de bebida ou de fumo. Quando falam, proferem frases curtas e cheias de enigmas. Alguns, preferem escrever para deixar suas mensagens. Nessa Linha os atabaques são batidos de forma mais lenta e suave. Uma sensação de paz interior e elevação invade o terreiro e os filhos.

Da Linha do Oriente também podem vir pretos velhos, marinheiros, ciganos e ciganas, entidades conhecedoras do antigo esoterismo e magia.


É bastante difundido entre os terreiros que trabalham com essa Linha, a existência de uma divisão entre falanges. A título de curiosidade, tal divisão compreende:

01 - Falange dos Indianos:
 
Espíritos de antigos sacerdotes, mes­tres, yogues,  hindús, etc. Um de seus mais conhecidos inte­gran­tes é Ramatis. Está sob a chefia de Pai Zartú.
 

02 - Falange dos Árabes e Turcos:
Espíritos de mouros, guerreiros nôma­des do deserto (tuaregs), sábios marroquinos, etc... A maioria é mu­çulmana. Está sob a chefia de Pai Jimbaruę.


03 - Falange dos Chineses, Japoneses, Mon­góis
e outros Povos do Oriente:
Espíritos de chineses, tibetanos, japoneses, mongóis, esquimós, etc. Está Sob a chefia de Pai Ory do Oriente.

04 - Falange dos Egípcios, Maias, Aztecas, Incas, Toltecas:
Com exceção dos egípcios, os outros povos não são propriamente do Oriente, mas representam antigas civilizações da humanidade.Estão sob a chefia de Pai Inhoaraí.

O5 - Falange dos Índios Caraíbas:
 
Não são do Oriente, mas também representam civilizações antigas. Espíritos de xamăs, chefes e guer­rei­ros destes povos. Sob a chefia de Pai Itaraiaci.

06 - Falange dos Europeus:
Também năo săo propriamente do Oriente, mas inte­gram esta Linha que é bas­tante sincrética. Espí­ri­­tos de sábios, ma­gos, mestres e velhos gue­rreiros de origem européia: romanos, gau­leses, ingleses, es­can­dinavos, etc. Sob a che­fia do Impe­rador Marcus I.
 

07 - Falange dos Médicos e Sábios:
Imagem de Zartú

Os espíritos desta Falange săo especiali­zados na arte da cura, que é integrada por médicos de diversas origens e conhecimentos. Também são chamados de "Doutores do Espaço". Estão sob a chefia de José de Arimatéia.

Também, é atribuída a chefia dessa Linha à São João Batista, conseqüentemente, à Xangô, Orixá ao qual é sincretizado. (ver explicação sobre Xangô).

Como visto acima, a Linha do Oriente é composta por espíritos de diversas origens e crenças. Magos, Sábios, Guerreiros, Xamãs, Ciganos, Médicos, etc. Todos são espíritos que se manifestam em nome da caridade e amor, auxiliando os irmãos encarnados,  independentemente do nome que eles dêem a Deus. São na verdade, trabalhadores da Luz Universal.  

Suas oferendas são simples. Costumam levar água mineral,  flores, incensos e velas brancas e/ou Lilás. A oferenda vai variar da origem do espírito, que, nesse caso, se for necessário, passará o que deve ser utilizado.

Sua saudação também é simples: "Salve o Povo do Oriente! Salve o Povo da Cura!"

PONTOS CANTADOS:

Segue abaixo alguns dos pontos cantados para chamar e louvar nossos irmãos do Oriente! São pontos lentos, calmos que retratam a forma com que esses espíritos se manifestam e trabalham.
 

PONTO 01

Ori, ori, Oriente!
Ori, ori, Oriente!

Ori, ori, Oriente!
Ori, ori, Oriente!

Forças de Zambi chegou!

Lá no Oriente uma Luz brilhou!
E aqui neste gongá, tudo iluminou!

Lá no Oriente uma Luz brilhou!
E aqui neste gongá, tudo iluminou!

Ori, ori, Oriente!
Ori, ori, Oriente!
 

PONTO 02

Estrela brilhou no céu!
Estrela brilhou no mar!

Estrela brilhou no céu!
Estrela brilhou no mar!

Oriente já vai chegar!
Oriente vai trabalhar!

Oriente já vai chegar!
Oriente vai trabalhar!

Baixar, baixar na Umbanda, vem meu Pai!
E a nossa Tenda iluminar!

Baixar, baixar na Umbanda, vem meu Pai!
E a nossa Tenda iluminar! 
 

PONTO 03

Lá no Oriente brilha a estrela que nos guia!
Lá no Oriente nossos guias nos protegem!
Pai do Oriente quero a sua companhia! 
Seja bem-vindo com Deus e a Virgem Maria!

Lá no Oriente brilha a estrela que nos guia!
Lá no Oriente nossos guias nos protegem!
Pai do Oriente quero a sua companhia! 
Seja bem-vindo com Deus e a Virgem Maria!

PONTO 04

Deu um clarão lá no céu!
Ai, meu Deus o que será?
É Zartú Chefe Indiano!
Quem vem nos ajudar! 

É Zartú Chefe Indiano!
Quem vem nos ajudar! 

Ele vem com sua falange!
Pra todo mal levar!

Ele vem com sua falange!
Pra todo mal levar!
 

PONTO 05

De quando em quando,
quando venho da Aruanda!
Trazer Umbanda pra salvar filhos de Fé!

Ô marinheiro olha as costas do mar!
Ô Japonês, ô Japonês,
Olha as costas do mar!

Ogum, Ogum, Ogum de Timbirí
Olha as costas do mar! 
Que é do Oriente!