Pesquisar este blog

Follow by Email

LINK...

sexta-feira, 5 de abril de 2013

BAXTALO ROMANI, ESPIRITUALIDADE DOS CIGANOS:


BAXTALO ROMANI

Espiritualidade dos Ciganos
             Bem, hoje começo a falar sobre nós, somo como nós somos, como cultuamos. Cultura Cigana Espiritual é muito mais do que se apresenta normalmente,  ou que temos oportunidade de mostrar. Slava de Sara, para agradecer benções é o marco do ano, quase um Nuevo Bersh. Mas para quem dirige suas Casas Espirituais, Tsaras e afins, as vezes necessitam de mais do que o modelo conhecido. Dirigência Espiritual exige muito estudo e sensibilidade.


        Não se trata de expor aqui um calendário pré estabelecido. Mas formas conhecidas de juntar forças numa egrégora especifica para reunir amigos espirituais e direcionar nossos pedidos, numa grande comunhão de gente com a mesma intenção, faz a diferença. A Energia dos Ciganos, é forte, gostosa e mágica. Então porque não formar encontros estabelecidos e firmar intenções num mesmo ideal? Egrégoras, Chamamentos, Saudações, Magias vindo de forças astrais em conjunto podem ser muito mais rápidas do que em geral, já o são.

Outras linhagens espirituais já sabem disto e utilizam esta forma. É hora de confiar. Confiança é a chave absoluta. Fazendo seus encontros com o compromisso do coração, com a sua espiritualidade, você, sabendo que não será forçado, mas protegido, nada lhe faltará. Tudo acontecerá de acordo com as suas intenções. A sua parte nisso é estipular o que deseja e simplesmente deixar fluir. E a medida que for aprendendo durante o processo, conseguirá codificar determinadas informações.

          Afinal quem não quer saber como direcionar trabalhos em grupo para: Firmar Parcerias Comercias, Abertura de Dons Mediúnicos, Firmar a Energia dos Ciganos, Para Trabalhar com Forças da Cura, Para Consolar Vivos e Mortos, Para trabalhar a Força do Amor, Para Firmar Contratos, Para Ativar Poder Pessoal... Todo celebrante ou que esta a frente de organização de grupos espirituais deve saber... Para transformar e tornar sua participação, que será cósmica e a melhora do trabalho em grupo, procederá em grande escala. Trabalhando em grupos com a mesma intenção, as pessoas desbloqueiam traumas e sofrimentos guardados.

      Cabe ao dirigente espiritual, direcionar e escolher sua reuniãocom as diretrizes do acampamento. As primeiras aparições dos espíritos ciganos já trouxe muitas informações fidedignas, mas a parte mediúnica terrena é aprimorar. É provado que o intercambio do trabalho direcionado, favorece a troca de favores de alma para alma, e gera a moeda de evolução astral bem sucedida. Os Espíritos Ciganos chegam com muita disposição, fazem tudo que estiver ao seu alcance para ajudar. Uma clara idéia da natureza dos espíritos, deve ser construída na mente, no intuito de entender que parte desempenha em todo esquema e pelo qual pode saber o quão de perto ele é dirigido para o trabalho espiritual, que esclarece e nos alimenta.
         As pessoas praticavam a magia e evocações em grupo para adquirir conhecimento, amor e riqueza, para curar doenças e prevenir-se contra perigos, para prejudicar ou enganar os inimigos, para ganhar guerras, para garantir o sucesso ou a produtividade e para conhecer o futuro. E os ciganos se tornaram conhecidos nos mundos grego e romano, eram vistos como figuras extremamente misteriosas, senhores de segredos profundos e de poderes sobrenaturais. Ninguém sabia na verdade, exatamente que poderes eram esses (afinal, eram secretos!).

         Os procedimentos mágicos transmitidos de geração em geraçãoao longo dos séculos, tiveram origem em muitas civilizações, como hoje a conhecemos, deve muito à troca de idéias entre membros de diferentes culturas.

        Quando abordamos os segredos das magias do Povo Cigano, muito se diz, das Entidades, dos Mestres, dos Ciganos Astrais, numa liturgia colorida, intrínseca e abrangente. Mas nós Povo Cigano, ainda encarnados, temos as nossas magias em conjunção com os mistérios espirituais, para diversos casos.

           Pois muitos, apesar de cultuarem fielmente, e de trabalharem espiritualmente pela caridade, pôr não terem um embasamento próprio dos ciganos, acabam muitas vezes caindo num lugar comum: “Ajudo a tantos, mas não sei me defender das forças maléficas, não sei ajudar a mim mesma.....”. E quem já não ouviu de alguém esta frase? Mesmo que o interlocutor seja um dedicado trabalhador das forças astrais?

Todos nós já ouvimos e até mesmo alguns de nós, já pronunciamos. E porque isto acontece? Porque a Magia (todos os tipos), a Espiritualidade (de todas as formas), e os mistérios, são um aprendizado continuo. É um sentar no banco escolar da espiritualidade, sem esmorecimento. Quando abordamos uma cultura sem um codificador, fica ainda mais difícil. E o trabalho é duplicado, necessita-se de estar sempre em pratica, trabalhando elementos da magia, protegendo-se, discernindo, se familiarizando ainda mais com os segredos do povo das estradas.

     Você que busca entendimento com o mundo espiritual para atenuar as dores, e trazer alento aos necessitados, saiba que primeiro haverá de conhecer esta magia e aprender, para se preparar dignamente para o trabalho astral, podendo desvendar os meandros mais simples, do dia a dia em caráter fidedigno, os meandros na manipulação da Magia Cigana. Os segredos perpetuados hoje, se faz livre de perseguições. Então, você “Cigano de Alma” pode se beneficiar usando o conhecimento, abrindo seus caminhos para uma espiritualidade, rica, colorida, mas que acima de tudo, descansa carregando pedra.

BREVE BAXTALO ROMANI - PARA TODOS OS PUBLICOS, MAS PRINCIPALMENTE PARA DIRIGENTES ESPIRITUAIS.

FONTE: BLOG RAMONA TORRES