Pesquisar este blog

Follow by Email

LINK...

domingo, 7 de abril de 2013

ROSA NEGRA DE SIÃO:



ROSA NEGRA DE SIÃO.
EU SOU A LUZ E A SOMBRA DE TUDO O QUE HABITA EM MIM, O UNIVERSO DO CAOS...

Que venham a mim os perdidos,
Os largados e famintos de poder...
Que venham a mim os abortados da fé,
Os que queimados foram na fogueira da ignorância, do tabu e do preconceito...
Que venham a mim as crianças que não se pregam por crenças tolas,
As almas ancestrais perdidas em busca de paz...
Pois eu sou a luz e as sombras,
A donzela branca e o anjo negro...
Meus foram os primeiros passos nesta terra sem lei,
Meus foram os primeiros gritos ouvidos no silencio da noite, quando em ira e paixão eu paria,
Meus sinais eram vistos a riscar o céu em violeta e rubro...
Minhas foram as primeiras lagrimas a rolarem e encherem o que os homens conhecem como oceanos, rios, lagos e cachoeiras...
Sou a rainha de uma coroa de três estrelas,
A criança da promessa, a Deusa e a feiticeira...

Sou aquela que caminha nas trevas, nos oceanos mais profundos,
E sob a terra devastada...
Senhora de muitos caminhos,
Minhas são as tochas que iluminam a estrada, de chegada e de partida,
Minhas são as chaves que abrem os portais,
Minha é foice que te ceifa a vida...


Meus são os prazeres da carne,
Da perversão e da luxuria,
Sou a prostituta imunda,
Aquela que negou Adão...
Sou sempre em quem fica por cima,
Faço amor como as serpentes,
Em karma e dominação...
Sou lânguida e misteriosa,
Sou do corpo o espinho,
Mais da alma eu sou a Rosa...

Na guerra me aprumo em haste e atenção,
Sempre com meu escudo e minha espada em mãos,
Não temo meus inimigos, que nada podem contra mim,
Sou a guerreira das sombras, da luz sou a perdição...
Não te curves aos meus pés,
Não te vires contra mim,
Pois atravesso teu coração com a ponta de minha espada,
E faço com seu lamento, para noite uma serenata...
Aprendi que Humanidade são para os pobres de espírito,
Que se escravizam à vontade e desejos de outros,
Eu...
Sou aquela que te beija a boca e se entrega ao prazer mais insano e urgente,
Mais corto-lhe a garganta sem pensar e sacio minha sede com teu sangue quente...
Compaixão são para os TOLOS...
E o perdão são para os FRACOS...
Eu vivo é de paixão,
Paixão que me humaniza e acalma,
Paixão que me desperta a ira insana,
Pois sou a Rubra Rosa,
A Rosa Escarlate de Sião,
E guardo no eu corpo e na minha alma,
Os segredos da criação.

DAMA ESCARLAT!

Constituição Brasileira, Art. 5º, inciso VI - É inviolável a liberdade de consciência e de crença, sendo assegurado o livre exercício dos cultos religiosos e garantida, na forma da lei, a proteção aos locais de culto e a suas liturgias.

Código Penal Brasileiro, Art. 208 - Escarnecer de alguém publicamente, por motivo de crença ou função religiosa; impedir ou perturbar cerimônia ou prática de culto religioso; vilipendiar publicamente ato ou objeto de culto religioso:
Pena - detenção, de 1 mês a 1 ano, ou multa.
Parágrafo único - Se há emprego de violência, a pena é aumentada de um terço, sem prejuízo da correspondente à violência.

Paz E Luz Sempre...