Pesquisar este blog

Follow by Email

LINK...

segunda-feira, 22 de julho de 2013

ALMA CIGANA, POESIA:



ALMA CIGANA

Minha alma arde, suspira, sonha...

Tem
ânsia de viver intensamente! Queria segurar nas mãos, o tempo, para
sorver na taça frágil de um segundo todo o prazer do amor e da alegria,
como um vinho rubi, vermelho e cálido, a me entontecer de encantamento!
Minha alma arde, pulsa, sonha! Quero viver a vida por prazer, expulsando
pra longe o óbvio, a rotina... Desprezando os apegos, os louros, o
poder, para viver, apenas... Só viver! Ó Alma minha, andarilha,
viajante! Teu destino é viver sempre sonhando, com o destino errante dos
ciganos... O coração pulsando de alegria, a transbordar do peito. Sem
saber, talvez, o rumo certo, vais, solitária, florescendo versos, a
caminhar, cantando, pelas ruas...

(Cezarina Macedo)