Pesquisar este blog

Follow by Email

LINK...

domingo, 8 de dezembro de 2013

NOSSA SENHORA DA CONCEIÇÃO - OXUM:


ORA IEIÊ Ô MAMÃE OXUM = Dia de Nossa Senhora da Conceição
por Gláucia Lima
•.¸¸.••►Energia geradora de amor, fraternidade e união entre os seres!◄••.¸¸.•



♥●•٠·˙ ❝Ave Maria, cheia de Graça

O Senhor é Convosco

Bendita sois Vós
entre as mulheres
e Bendito é o fruto
do Vosso Ventre: Jesus /
Santa Maria,
Mãe de Jesus
Rogai por nós, filhos e filhas de Deus
agora e na hora da nossa vitória
sobre o pecado, a doença e a morte (ou desencarne)
Amém ou Assim Seja e Assim se Faça!❞ ˙·٠•●♥


No culto africano, Osun, Oshun, Ochun ou Oxum, na mitologia ioruba é um Orixá feminino. Seu nome deriva do rio Osun, que corre na região nigeriana de Ijexá e Ijebu.


É D'Oxum - Gal Costa - CD GAL 1990
Nesta Cidade Todo Mundo é D’Oxum

Uma vez que no sincretismo é cultuada como N. S. Aparecida e N. S. da Imaculada Conceição (a mesma Virgem Maria – Mãe de Jesus), assim sendo, são datas festivas tanto o 12 de outubro quanto o 08 de dezembro.
A energia feminina de Oxum, regente das águas doces é também direcionada para a fecundação e concepção. Energia geradora que se traduz em sentimento de amor, fraternidade, união entre os seres. A energia distribuída por Oxum através do movimento das águas doces serve como condutor magnético de suas ondas vibratórias, harmonizando as energias da natureza.


A festa Católica da Imaculada Conceição, comemorada em 8 de dezembro, foi definida como uma festa universal no século XV, mais precisamente em 1476 pelo Papa Sisto IV.
A Imaculada Conceição foi solenemente definida como dogma pelo Papa Pio IX em sua bula Ineffabilis Deus em 8 de Dezembro de 1854. A Igreja Católica considera que o dogma é apoiado pela Bíblia (por exemplo, Maria sendo cumprimentada pelo Anjo Gabriel como "Cheia de Graça")
Em 1858, século XIX, Bernadete Soubirous, afirmou ter visto uma aparição que se autodenominou de "Imaculada Conceição" na localidade de Lourdes, diocese de Tarbes na França. A data 08 de dezembro deveu-se ao fato de que nove meses depois, ou seja, 08 de setembro era comemorada a festa da Natividade.



A Enciclopédia Católica inglesa investe muitas páginas na discussão da evolução histórica do dogma da Imaculada Conceição. A expressão Imaculada Concepção de Maria não se refere à concepção de Jesus por Maria. Refere-se ao conceito de que a Mãe de Deus não poderia ter sido concebida com o pecado original e, portanto, sua concepção, no ventre de sua mãe Ana, ocorreu sem pecado. Chegou-se a discutir se a suspensão do Pecado Original, esse que todos os humanos carregam desde Adão, teria ocorrido antes ou depois da inseminação física, propriamente dita. (ver em newadvent.org/cathen/07674d.htm).

OXUM seu Canto
Música (pout-pourri) Maria Bethânia- Canto de Oxum e Zeca Baleiro (part. Chico César) Mamãe Oxum

Nossa Senhora do Apocalipse, Padroeira do Brasil

Se é que é possível resumir esta história, a padroeira do Brasil, das Américas e de Portugal, Nossa Senhora da Imaculada Conceição, na verdade é a Nossa Senhora do Apocalipse! Nossa história, o momento em que vivemos, parecem confirmar nossa presença na beira do fim do mundo... (www.terrasraras.com.br)


Chico César e Zeca Baleiro - Mamãe Oxum - Festival Montreux




Nossa Senhora da Conceição x Imaculada Conceição de Maria*


O dia 8 de dezembro é marcado por duas celebrações cristãs de significados distintos (quase antagônicos), que se confundem devido à semelhança das suas designações.
A evocação popular, tradicional, celebra a Nossa Senhora da Conceição (ou Concepção), isto é, celebra o arquétipo da Maternidade. Conhecem-se desde o século VII, nomeadamente na Península Ibérica, festas com esta evocação; até há poucos anos era nesta data, e não no primeiro domingo de Maio, que se celebrava o Dia da Mãe.
O conceito teológico oficial é o do dogma da Imaculada Conceição de Maria, definido pelo papa Pio IX em 1854, e nada tem a ver com o conceito popular: afirma que Maria, mãe de Jesus, teria também sido gerada sem cópula carnal de seus pais (Ana e Joaquim); celebra, por isso, a castidade. Esta ideia começou a surgir no século XII, tendo causado intensa polêmica e sido rejeitada por importantes teólogos, incluindo São Bernardo e São Tomás de Aquino, e condenada pelo papa Bento XIV em 1677, até ter sido aceite como dogma em 1854.
A instituição da ordem militar de Nossa Senhora da Conceição por D. João VI, que alegadamente sintetizaria um culto que em Portugal existiu muito antes de ser dogma, pelo menos na sua designação remete para o conceito popular, não para o conceito teológico afirmado pelo dogma. De igual forma, as freguesias portuguesas anteriormente listadas adotaram a designação "Nossa Senhora da Conceição" ou "Conceição", mas não "Imaculada Conceição".
Em 8 de dezembro de 1904, em Lisboa solenemente lançou-se a primeira pedra para um monumento comemorativo do cinquentenário da definição do dogma. Ao ato, a que assistiram as pessoas reais, patriarca e autoridades, estiveram também representadas muitas irmandades de Nossa Senhora da Conceição, de Lisboa e do país, sendo a mais antiga a da atual freguesia dos Anjos, que foi instituída em 1589. (*fonte: Wikipedia)
Em Portugal e no Brasil é tradição montar a árvore de Natal e enfeitar a casa no dia 8 de dezembro, dia de N. Sra. da Conceição.

- É D'Oxum -


Oração a Nossa Senhora da Conceição
Virgem Santíssima, que fostes concebida sem o pecado original e por isto merecestes o título de Nossa Senhora da Imaculada Conceição, e por terdes evitado todos os outros pecados, o Anjo Gabriel vos saudou com as belas palavras: “Ave Maria, cheia de graça”; nós vos pedimos que nos alcanceis do vosso divino Filho o auxílio necessário para vencermos as tentações e evitarmos os pecados e já que vos chamamos de Mãe, atendei-nos com carinho maternal esta graça: (fazer o pedido); para que possamos viver como dignos filhos vossos. Nossa Senhora da Conceição, rogai por nós. Amém.
Reza 1 Pai Nosso, 1 Ave Maria e 1 Glória ao Pai.

O Ofício da Imaculada Conceição é uma oração composta para ser cantada ou recitada (de uma só vez ou seguindo a Liturgia das Horas), a fim de proteger a santidade da Imaculada Conceição.Em 8 de dezembro de 1854 o Papa Pio IX, depois de várias reuniões com os estudiosos da Igreja, definiu como Dogma de fé a doutrina da Imaculada Conceição na Bula Ineffabilis Deus.
Este Ofício foi escrito originalmente em latim no século XV pelo monge franciscano Bernardino de Bustis, que desejava proteger a Imaculada Conceição dos inúmeros combates que vinha sofrendo desde o século XII.
Aprovado pelo Papa Inocêncio XI em 1678, foi enriquecido pelo Papa Pio IX em 31 de março de 1876 com 300 dias de indulgência cada vez que recitado. Na reforma do Concílio Vaticano II, Paulo VI modificou a doutrina das Indulgências, concedendo agora Indulgência Plenária àqueles que rezarem o Ofício da Imaculada Conceição com fé. (fonte: Wikipédia)
É D'OXUM - DAVI MORAES
(Um Barzinho e Um Violão)