Pesquisar este blog

Follow by Email

LINK...

domingo, 28 de abril de 2013

MEDIUNIDADE MUSICAL:



MEDIUNIDADE MUSICAL
por Christina Nunes - meridius@superig.com.br



Há uns dias emerge à minha audição psíquica, com insistência, uma melodia, desconhecida, em solo de violino. Parece trilha sonora maravilhosa para o livro que venho recebendo de Iohan, um dos meus parceiros do invisível no trabalho literário espírita! Todavia, sempre prevenida para analisar sob o crivo da lógica tudo o que me acontece neste território, e apesar de o correr dos muitos anos nesta atividade ter me presenteado à fartura com manifestações maravilhosas dos prodígios dimensionais de onde habitam os nossos amigos do lado de lá, fui acompanhando, apenas, e atenta, o que acontecia, e evitei conclusões precipitadas. Poderia ser só sugestão. Veríamos!

Eu já conheço da convivência com Iohan, - aliás como é hábito recorrente de quem interage conosco a partir da invisibilidade, - que volta e meia, quando quer me instruir ou me levar a entender melhor aspectos do que acontece na convivência mediúnica, ou no modo de vida das dimensões onde vive, ele me encaminha, de forma irresistível, a leituras que julga úteis. Assim, normalmente, por aparente "acaso", dou de cara com algum livro que cai como uma luva às particularidades do período que vivencio na nossa interação.

Noutro dia, aconteceu sob as aparências espantosas de ele simplesmente "empurrar", pode-se dizer, uma obra de Victor Hugo para mim, dentro da seção de livros espíritas de uma livraria gigantesca do Rio de Janeiro. Olhando a esmo, de um impulso puxei um - mais atraída pelo autor, Victor Hugo, de quem já lera uma ou duas obras psicografadas antes. E, para minha estupefação, vi em minhas mãos um lindo livro com um violino na capa: Na Sombra e na Luz! Com o qual, depois ele explicou, quis mostrar a qualidade dos relacionamentos amorosos das oitavas dimensionais mais avançadas, através da linda história daquele professor de violino e a sua musa, no enredo da novela do nobre autor desencarnado francês!

Pois desta vez não aconteceu diferente, neste período, em que vem me ditando um livro cujo conteúdo é todo passado na estância onde habita desde a sua última passagem pela Terra, rico em detalhes encantadores a respeito do trabalho que também lá desenvolve, como músico e violinista! Nele, explana sobre a qualidade indescritível das atividades deste teor nas esferas espirituais mais avançadas. Então, em momento em que buscava, num site literário, ítens doutrinários que por verossimilhança me servissem de respaldo ao que de mais sublime ele vem oferecendo ao meu conhecimento, Iohan, gerenciando a iniciativa, atraiu minha atenção para o volume de Geziel Andrade - Os Espíritos, A Música Celeste e a Música Terrena - que, de um impulso, como se eletrizada, comprei!

Magnífica obra, a de Geziel! Recobrou minhas lembranças para algo de há muito esquecido, visto que concluí a leitura das obras principais da Codificação Espírita há tempos, valendo-me delas hoje para estudo direcionado! Porque, com a sua análise bem elaborada, isenta, Geziel nos coloca em contato direto com todas as mais importantes pesquisas de campo e anotações de Allan Kardec, contidas nas publicações de estudos nas revistas espíritas da época e em sua monumental Codificação, a respeito da influência maciça de espíritos músicos, compositores, instrumentistas, sobre médiuns sensíveis de todos os tempos!

Geziel narra-nos minuciosamente casos conhecidos de médiuns europeus de todas as faixas etárias que foram influenciados, sob as atenções de testemunhos isentos e de idoneidade inatacável, pelos espíritos de Mozart, Chopin, Rossini, dentre tantos outros talentos da invisibilidade que, no labor de indescritível utilidade junto aos reencarnados, deixaram composições típicas de seu estilo, de inenarrável beleza!

Acompanhamentos se produziam do nada junto ao solo de uma médium inspirada na execução de um instrumento! Páginas com composições surgiam; espíritos produziam espontaneamente marchas militares, ou ao sabor de suas preferências, na presença de testemunhas atentas, de cujas reuniões Kardec participou, assíduo, dali extraindo conclusões pautadas sob rigorosa metodologia científica na avaliação destes fenômenos!

E Geziel vai mais longe, ao asseverar ao leitor mais questionador - como eu mesma me reconheço -, e como se antecipasse nosso pensamento, que não apenas naqueles séculos já recuados tais acontecimentos surpreendentes se davam! Ainda hoje, médiuns ligados à música, ou às Artes, em todos os quadrantes do planeta, permanecem nesta simbiose prazerosa com espíritos artistas a quem frequentemente são ligados por elos afetivos, recebendo deles inspiração para composição, ou proteção durante a realização de espetáculos! Beneficiam, assim, as suas performances, e inspiram-lhes segurança para o sucesso! Cita, a exemplo, o caso da inspiração recebida por Paul Mcartney quando compôs a legendária "Yesterday"! O cantor relata que acordou assobiando a música, que aparentemente lhe saira "pronta" da mente e das mãos, ao passá-la para o papel!

São, portanto, muitos os fatos pitorescos e, sobretudo, belos, relatados no livro de Geziel Andrade - verdadeiro repositório de casuística mediúnica na área específica da Arte Musical em interação constante entre as duas esferas da vida! Resta-me, a partir disso, portanto, claro o esclarecimento que o meu próprio companheiro querido de atividades mediúnicas quis proporcionar, em meio ao trabalho único que vimos desenvolvendo há algumas semanas, durante o qual passou a repercutir com tocante beleza na minha audição psíquica o trecho melódico estranho e desconhecido, em solo de violino por vezes acompanhado de indefinível execução orquestral distante enriquecendo-lhe a harmonia perfeita, entre névoas etéreas, embora nítida!

Neste momento! Quando cheguei a questioná-lo, cheia de dúvidas sinceras, se seria, ele, o responsável pela composição, e pelo solo lindíssimo! Sem sequer me atrever, apesar da grande vontade, a tentar transcrevê-los para uma partitura, de vez que, violinista ainda precoce, com pouco mais de um ano de estudo, não disponho de segurança ou conhecimento suficiente de teoria musical para fazê-lo com segurança!

Tentei reproduzir o trecho no meu próprio violino. Pareceu-me à percepção musical ingênua, talvez, simples! Não era! Houve alguma dificuldade na alternância entre tons melódicos. Mesmo assim, sou infinitamente grata a Iohan! Pois quem sabe ele não esteja, por generosa bondade, me oferecendo ao conhecimento a sua tocante Sonata ao Amor (composição de sua autoria, citada no seu livro de mesmo título, e dedicada à sua cônjuge espiritual)








por Christina Nunes - meridius@superig.com.br
Médium psicógrafa das obras de autoria do espírito Caio Fábio Quinto, seu mentor espiritual, e de outros autores desencarnados. Dentre elas: O Pretoriano (Ed. Mundo Maior); Sob o Poder da Águia, Amparadores do Invisível, Pacto de Amor Eterno - Espírito Caio F. Quinto; Sonata ao Amor - Espírito Iohan (Lúmen Editorial). Ufóloga e colunista espírita
Lido 52 vezes, 4 votos positivos e 0 votos negativos.
E-mail: meridius@superig.com.br
Visite o Site do autor

CORAÇÃO EM DOR, POESIA





Coração em Dor

Noites mal dormidas
A maior indisposição
Feridas abertas
Maltratando o coração.

Como eu queria você por perto
Aliviando assim essa dor
Levando embora a saudade
Devolvendo o amor.

Distancia maldita
Que atormenta a vida
Atirando no abismo
Todos os planos e sonhos.

Fecho os olhos
Tentando te encontrar
E entre lembranças finjo
Que aqui você está.

Entregue a ilusão
Peço a Deus que me guarde
Com esperança de que um dia
Eu possa me salvar.

Com seus beijos amargos
Me envenenou
Correndo em minhas veias
Só magoa e rancor.

Espero que o tempo passe
E te faça perceber
Que eu fui de verdade
A única para você.

Leidiane de Jesus


COMUNIDADE
☠┼portal from hell┼ ☠

POEMAS DE AMOR...




"Se toda vez que eu fechar os os olhos, ganhasse um beijo seu, fecharia os olhos eternamente."

"De que vale o delírio dos olhos, se eles se fecham quando os lábios se tocam?"

"Em cada momento, um instante, Em cada instante, uma afirmação. Em cada afirmação, uma certeza de que jamais tiraria você do meu coração."

"Eu queria ser invisível, para em teu quarto entrar e no silêncio da noite, teus lábios beijar."

"Linda morena, que encanto é você! Alegre, felina, dengosa, você é mais, muito mais que uma rosa num belo jardim. Você é luz que traduz felicidade pra mim!"

"Mesmo que o ouro perca o seu valor, mesmo que o sol deixe de brilhar, por toda vida eu vou te amar."

"Saudades de ti terei, saudades que vão me fazer chorar, saudades do teu beijo, saudades do teu olhar."


COMUNIDADE
☠┼PORTAL FROM HELL┼ ☠

XIRÊ DE YEMANJÁ COM A LETRA EM YORUBÁ MAIS A TRADUÇÃO DO VÍDEO:


Xirê de Yemanjá completo em yoruba + suas traduções em português
Leia a Oração de agradecimento a Iemanjá na Foto:
fundo yemanja blog facebook jpg
Com a nova sequência do xirê, agora com os Canticos de Yemanjá, sendo completos, cantados e tocados com a letra em yoruba + suas traduções do Ioruba para português. Acompanhe o canal do Juntos no Candomblé, pois estou publicando constantemente o Xirê para aprendizado de canticos. Estou fazendo um enorme esforço para colocar as traduções, que não são todas as Cantigas dos Orixás que tenho do Ioruba para pt-br Brasil.
Caso goste do video de Cantigas para o Xirê de Yemanjá em Ketu, peço por favor que avalie o video, pois não custa nada é é só um clique em gostei, pois a intenção é que o video possa atingir um maior número de religiosos interessados no assunto possível:

AMOR, POESIA!!!





Amor

Amemos! Quero de amor
Viver no teu coração!
Sofrer e amar essa dor
Que desmaia de paixão!
Na tu’alma, em teus encantos
E na tua palidez
E nos teus ardentes prantos
Suspirar de languidez!

Quero em teus lábio beber
Os teus amores do céu,
Quero em teu seio morrer
No enlevo do seio teu!
Quero viver d’esperança,
Quero tremer e sentir!
Na tua cheirosa trança
Quero sonhar e dormir!

Vem, anjo, minha donzela,
Minha’alma, meu coração!
Que noite, que noite bela!
Como é doce a viração!
E entre os suspiros do vento
Da noite ao mole frescor,
Quero viver um momento,
Morrer contigo de amor!


COMUNIDADE
☠┼PORTAL FROM HELL┼ ☠

O QUE É QUE HÁ COM ESTE PLANETA? (MENSAGEM PSICOGRÁFICA)


O QUE É QUE HÁ E ESTA SE PASSANDO COM ESTE PLANETA CHAMADO TERRA, ONDE PREVALECE  SOMENTE AS GUERRAS , EM VEZ DE SE DAREM AS MÃOS, SE EMPURRAM, CAUSANDO DESUNIÃO.
MÃOS QUE PODEM SERVIR PARA EMPUNHAR ARMAS ARMAS E CEIFAR VIDAS, MAS TAMBÉM MÃOS QUE PODEM SER ESTENDIDAS PARA AJUDAR A SEU SEMELHANTE A SE LEVANTAR QUANDO ESTIVER CAÍDO OU FERIDO.
MÃOS QUE SERVEM PARA ACARICIAR, MAS TAMBÉM SERVEM PARA DESTRUIR.
MÃOS TAMBÉM QUE AJUDAM A CONSTRUIR.
O QUE É QUE HÁ, QUE SE PASSA NA  MENTE E NOS CORAÇÕES QUE AO INVÉS DE TODOS SE TORNAREM IRMÃOS , ESTÃO SE TORNANDO INIMIGOS, CAUSANDO CASTIGOS PARA PESSOAS INOCENTES, QUE ÁS VEZES NEM MÃOS TEM, MAS TEM CORAÇÃO , QUE SABE AMAR E ACARICIAR, USANDO AQUILO QUE HÁ DE MAIS IMPORTANTE NUM SER TERRÁQUEO QUE É A LIGAÇÃO DA MENTE PARA O CORAÇÃO!!!

mensagem do GUARDIÃO DOS 7 PORTAIS E CIGANO KINGS FIDELIZ   


CHORO, MENSAGEM PSICOGRÁFICA DE MEU AMADO FILHO, ATRAVÉS DO GUARDIÃO DOS 7 PORTAIS


CHORO HOJE COMO UM ESPÍRITO, MAS TAMBÉM JÁ CHOREI MUITO NAS MINHAS PASSAGENS POR ESTE PLANETA CHAMADO TERRA.
 CHOREI POR PECADOS QUE COMETI, APÓS REFLETIR!!!
CHOREI POR NÃO SER AMADO POR AQUELES QUE EU IMAGINAVA QUE ME TINHAM AMOR , MAS TAMBÉM CHOREI DE ALEGRIA POR AQUELES QUE ME DEVOTARAM O VERDADEIRO AMOR.
HOJE COMO UM ESPÍRITO, NÃO ME SINTO UM DERROTADO, NEM MAGOADO, NÃO TENHO RANCOR, POIS, POR QUEM EU FUI RECEBIDO NA ESPIRITUALIDADE, FORAM CURADAS TODAS AS MINHAS DORES.
ME DERAM UMA MISSÃO  A CUMPRIR, TALVEZ AQUELA QUE EU DEIXEI A DESEJAR NA MINHA PASSAGEM POR ESTE PLANETA..
A MISSÃO QUE A MIM FOI DADA É A DE CURAR AS DOENÇAS DA MATÉRIA, MAS PRINCIPALMENTE AS DO ESPÍRITO, DAQUELES QUE AINDA HABITAM ESTE PLANETA.
NÃO POSSO FAZER MILAGRES , MESMO TENDO O DOM DA CURA, O QUE EU POSSO FAZER É ENTRAR NA MENTE E NELA DEPOSITAR  A FÉ E A ESPERANÇA E SE TRANSFORMAR EM ENERGIAS POSITIVAS PARA BOTAR A CORRER AS DOENÇAS E ASSIM VIGORAR A SAÚDE , TANTO ESPIRITUAL, COMO MATERIAL.

MICHEL CAVALHEIRO, com a permissão do GUARDIÃO DOS 7 PORTAIS

AS LÁGRIMAS DE UM GUARDIÃO ESPIRITUAL:









Share on google_plusone_share
As lágrimas de um Guardião Espiritual

As lágrimas de um Guardião Espiritual


:: Wagner Borges ::
Ainda agora, enquanto eu selecionava alguns textos para uma publicação, lembrei-me de diversos alertas sobre a responsabilidade de quem trilha uma senda consciencial. E agradeci ao Todo, por todas as oportunidades - e também aos mentores extrafísicos que me aturam na jornada do esclarecimento e da assistência espiritual.
No entanto, logo depois, senti uma sensação diferente, uma espécie de nostalgia, aparentemente sem motivo algum. Foi, então, que eu vi uma presença extrafísica chegando pelo meu lado direito.
Tratava-se de um guardião espiritual*, um protetor de campo energético, que trabalha nas regiões astrais densificadas - e que estava no meu lar, por algum motivo dele. Com respeito, ele me cumprimentou e me disse que, "felizes são os que já despertaram para outras realidades além do seu próprio umbigo".
No entanto, eu notei que ele estava firme, como sempre, mas um tanto quanto sorumbático, diferente do seu normal. E perguntei-lhe o que estava rolando...
E ele olhou-me diretamente, e eu vi as lágrimas rolando pelo seu seu rosto.
Então, ele me disse: "Só Deus é que sabe os reais motivos das coisas, mas é muito triste ver tantos filhos espirituais caindo nas malhas das trevas. Alguns, por orgulho; outros, por pura perfídia mesmo. E também há aqueles que foram seduzidos pelas coisas do mundo - ou levados por amigos levianos para as praias da irresponsabilidade.
Essas lágrimas que você vê lavando o meu semblante, são por causa da ingratidão que tanto tenho visto bloquear a caminhada espiritual das pessoas. E são tantas...
E eu sei as consequências disso! Pois, eventualmente, diante da Luz espiritual - que dissolve todas as máscaras e verga o ego mais renitente -, elas regurgitarão extrafisicamente toda má vontade e sentirão o aguilhão da dor rompendo a inércia que acalentaram em sua vida.
E aqueles que estão fazendo o mal em nome dos espíritos trevosos, ah, esses engolirão a própria magia danosa que soltaram no mundo. E que Deus tenha piedade deles!
Eu choro pelos filhos espirituais que abraçaram as trevas!
Em lugar da Luz redentora e do serviço construtivo, muitos preferiram acasalar-se com as entidades maléficas do Astral inferior. E o pior: acham-se o máximo.
E mexer com o porão do Umbral é altamente perigoso.
Eu choro pelos trabalhadores espirituais que sucumbiram à virose do ego negativo e se deixaram levar pelas marolas ilusórias dos agentes trevosos.
Eles eram da Luz - e prometeram muito antes de descerem às lides da carne...
Porém, na crosta do mundo, não fizeram jus ao que planejaram. E, pelo contrário, deitaram com as trevas - e, hoje, andam com os pés sujos da lama do Umbral.
Eu choro porque alguns deles se vestem de branco, e até parecem dignos externamente, mas, os seus corações são escuros como a hipocrisia que os devora internamente. E alguns se acham uma sumidade em suas áreas...
O meu choro não é de julgamento sobre o que eles fazem, não!
Eu choro pelo desperdício de potencial - e porque eles não eram assim antes.
E eu sei onde isso vai dar... Pois já vi muitos casos e sei das dores que o mundo não vê. E, muitas vezes, só às portas da morte é que alguns percebem o quanto de prejuízo espiritual levaram.
Eu sou apenas um humilde guardião espiritual, e o Alto é que me guia...
Mas, já vi muitas coisas nas lides espirituais e sei o quanto as pessoas gostam de se agarrar a ilusões - e o quanto elas são capazes de renegar a Luz.
O meu choro é de guardião, é choro honrado!
E eu estou deixando você ver minhas lágrimas como mais uma forma de alerta aos encarnados. Para que saibam que os guardiões também choram...
A nossa função é a proteção espiritual dos que trabalham pela Luz e, por isso, não julgamos o comportamento particular de ninguém. Mas, também é nossa função projetarmos no mundo os alertas que o Alto nos incumbiu. E, hoje, isso está sendo feito por meio dessas lágrimas que você está vendo.
Estou cumprindo a minha tarefa. Agora, cumpra a sua e escreva, na Força do Espírito. E que o Alto nos abençoe.
E ai daqueles que fazem os seus guardiões extrafísicos chorarem!"
Então, após me dizer tudo isso, ele juntou suas mãos e saudou-me respeitosamente - e foi embora, silenciosamente.
E eu fiquei quietinho e comovido, refletindo e admirando a grandeza e a honra desses espíritos guardiões, que tanto seguram invisivelmente a barra da gente**.
Ah, tem coisas que não têm preço! Uma delas é receber a visita extrafísica de um guardião desses. É uma honra mesmo!
Oxalá as suas lágrimas de alerta também sirvam para reflexões sadias de outros estudantes e trabalhadores espirituais, para que não "deem mole" em suas jornadas espirituais e humanas - e que, mesmo diante das pressões do mundo, fiquem firmes em seus valores conscienciais.
Sim, tomara que as lágrimas de um guardião espiritual sejam capazes de despertar outras pessoas de sua inércia consciencial. E que, em seus corações, haja Luz, sempre***.

Paz e Luz.

- Wagner Borges - mestre de nada e discípulo de coisa alguma.

- Notas:
* Guardião Espiritual - mentor extrafísico, guia espiritual, amparador extrafísico, benfeitor espiritual, protetor astral, tarefeiro extrafísico.
** E esse guardião já me protegeu inúmeras vezes - e também a entes queridos meus, que nunca souberam disso.
*** Enquanto eu digitava essas linhas, rolava aqui no som o belo CD de música celta "Celtic Mystique" - do músico new age americano Howard Baer.
Deixo na sequência alguns links do site do Youtube com músicas desse lindo CD.
Howard Baer:
- The Cliffs of Doneen
http://www.youtube.com/watch?v=FcMI3Wfl0Uw&playnext=1&list=PLB8D20106FB61CB0E&feature=results_video
- Lamentation of Owen Roe O'Neill
http://www.youtube.com/watch?v=ZIJ5fDgN46U
- The Foggy Dew
http://www.youtube.com/watch?v=FHulB3NTUgo
- Buachaill on eirne
http://www.youtube.com/watch?v=W7NcabeUC64
- Planxy george brabazon
http://www.youtube.com/watch?v=jLefsbyyIHU&playnext=1&list=PL662497E14AAF82CF&feature=results_video
Obs.: Para complementar esses escritos de hoje, deixo um texto antigo na sequência.

UMA ORAÇÃO AO ETERNO QUE MORA NOS CORAÇÕES
(Uma Viagem Espiritual na Doçura de um Olhar Silencioso)

Que você encontre o amor mais lindo dentro do seu próprio coração.
Que você veja seus filhos como presentes do Eterno.
Que você ainda se encante com as coisas mais simples da vida.
Que você não se iluda com as luzes temporárias do mundo.
Que você saiba tirar sábias lições de vida dos reveses.
Que você perdoe, mesmo que ninguém entenda.
Que você veja cada dia como uma bênção de luz e recomeço...
Que nada possa afastá-lo de seus melhores propósitos.
Que você escute música e se sinta agradecido.
Que você não se esqueça de seus pais e honre-os com sua atenção.
Que você seja justo, sem jamais perder seu coração e sua canção.
Que você não se apegue ao passado; há tanta coisa para aprender...
Que você não se esqueça de quem lhe ajudou; gratidão é sabedoria.
Que você conserve seus amigos verdadeiros; eles são joias de sua vida.
Que você segure seus filhos no colo, como o Eterno segura as estrelas.
Que você veja seu parceiro (a) como um presente da vida.
Que você chore, se for preciso, mas que suas lágrimas sejam lindas.
Que você ria, principalmente de si mesmo; alegria é fundamental!
Que você não tenha ódio em seu coração, pois isso empobrecerá sua canção.
Que você supere suas provas, com coragem e inteligência.
Que você abra seu coração para o Amor, como a flor se abre para o sol.
Que você beije alguém amado como os raios solares beijam as flores.
Que você faça Amor com Luz nos olhos e gratidão pelo presente.
Que você não prenda quem quer ir embora... Amor não é gaiola!
Que você se atreva a ser você mesmo, mas sem arrogância!
Que você jamais se esqueça de que há um Poder Maior em todas as coisas.
Que você ore, em Espírito e Verdade, sem medo de se abrir para o Céu.
Que você converse com o Eterno, de coração a coração, sem dramas.
Que você olhe para a lua cheia, extasiado, como uma criança.
Que você sinta o cheiro do café e se sinta cada vez mais vivo.
Que você tome um chá de olhos fechados e pense em algo bom.
Que você se recicle, se areje, para não criar teias de aranha em sua vida.
Que você tenha a idade que seu espírito lhe disser, sem medo de rugas.
Que você não envelheça sem amadurecer; jamais deixe de rir de uma piada!
Que você sempre trate bem a sua criança interior; criança é vida!
Que você sempre desconfie quando a música não o encantar mais.
Que você perceba o perigo de ser tomado pela irritação descabida.
Que você não perca tempo com fofocas e nem se exaspere com tolices.
Que você saiba valorizar pessoas de energia limpa e toques legais.
Que você se atreva a andar com um sol na cara e um grande Amor no peito.
Que você não se engane com as aparências; há muita gente boa neste mundo.
Que você não olhe raça, religião, sexo ou cultura; veja o Eterno em cada Ser.
Que você jamais ache que perdeu algo ou alguém; o Todo está em tudo!
Que você sinta o que senti ao escrever tudo isso, em Espírito e Verdade.
Que você veja Luz nessas linhas; a mesma Luz que está em seu coração.
Que você sinta um Grande Amor; o mesmo que me fez escrever...
Que você escute alguma canção querida e se sinta muito bem.
Que você seja feliz, mesmo que ninguém entenda.

P.S.:
Aqui, no meio da madrugada da grande metrópole de aço e concreto, onde o Grande Arquiteto do Universo me colocou para viver, trabalhar e aprender, eu me atrevo a escrever o que meu coração sente.
Meu corpo está no plano físico, mas os meus pensamentos e sentimentos voam longe, para além do horizonte dos cinco sentidos...
Então, meu olhar pousa em outro olhar, algures, na imensidão, por entre os planos... E eu me sinto pequeno diante do Amor Sereno que desce aqui.
Sim, bem pequeno, como a flor beijada pelos raios solares.
Há uma doçura nesse olhar silencioso. Uma lucidez perene, plácida, como um carinho secreto. É pura compreensão.
E eu fico pensando: "Será que Ele viu esses escritos que fiz por impulso, sem nem saber por quê? E sua doçura silenciosa viajará junto com esses escritos, até outros corações?"
Quem sabe isso é só o Eterno.
Eu só sei escrever o que o meu coração diz, em Espírito e Verdade.
E fico grato, só por isso. Como uma flor desabrochando na aurora.
Eu sou a flor e o rishi* que me olha é a aurora.
Então, que sua Luz silenciosa siga... Para abrir outras flores por esse mundão de Deus, como deve ser.

(Dedicado ao sábio espiritual Ramana Maharishi**).

Com Gratidão e Amor.
Paz e Luz.
Wagner Borges - pequeno coração, que não sabe como agradecer os presentes espirituais que recebe do Alto; pequena flor sob a luz do samadhi***; criança do Eterno num corpo de homem feito; neófito da vida e médium de um Amor que não se explica, só se sente...

- Notas:
* Rishis - do sânscrito - sábios espirituais; mestres da velha Índia; mentores dos Upanishads.
** Ramana Maharishi - 1879-1950 - Nascido em 1879 no Sul da Índia (Madura), Venkatraman Aiyer completou seus estudos no liceu americano desta cidade. Aos 17 anos viveu, na tranquilidade de seu quarto, a experiência intensa de sua morte, contemplando em seguida a fonte divina de seu ser. Pouco depois, um chamado interior o obrigou, em 1896, a deixar tudo e retirar-se para uma gruta em Arunachala, montanha sagrada próxima a Tiruvannamalai, a oeste de Pondichery. Para lá foram atraídos os peregrinos que buscavam este asceta transfigurado, que passou a ser chamado de Maharshi (Grande Sábio). A chegada de mais e mais peregrinos levou a construção de dois ashrams próximos à gruta. Ramana Maharshi nada escreveu, mas os que o cercavam registraram os diálogos que teve. O sábio sempre acentuou sua preferência por um método simples, leve, direto e desembaraçado. A metáfora do mergulhador é particularmente reveladora do seu estilo. Ao responder à questão "quem sou eu?", é preciso mergulhar dentro de si mesmo. O espírito concentrado sobre um único ponto, bem como a palavra e a respiração suspensas, propiciam o encontro com a consciência pessoal. Ramana Maharshi faleceu em Tiruvannamalai em 1950. Sua presença e seu silêncio constituíram um ensinamento inestimável para seus discípulos.
*** Samadhi - do sânscrito - expansão da consciência; estado de consciência cósmica.
Obs.: Enquanto eu escrevia, rolava no som o belo CD "Madcap's Flaming Duty" - da banda alemã de rock progressivo/eletrônico Tangerine Dream - 2007 - Importado.

sexta-feira, 26 de abril de 2013

UM DIA A DOR PASSA:


ENTRE A VIDA TERRÁQUEA E AS DIMENSÕES:


EXISTEM PESSOAS QUE NUNCA SE ENCONTRARAM NA VIDA TERRESTRE, MAS  QUE IMPORTÂNCIA ISSO TEM?
SE O AMOR VEM MUITO MAIS ALÉM!!!
AS VEZES, UM PARTE E O OUTRO FICA AQUI, MAS ISSO NÃO IMPEDE A GENTE DE SENTIR!!!
POR NÃO TER SE ENCONTRADO NESTA VIDA  TERRÁQUEA, QUE A GENTE NÃO POSSA TER UM ELO DE LIGAÇÃO,  COMO SE FOSSEMOS IRMÃOS!!!
A MATÉRIA É APENAS UM CORPO CARNAL, MAS O ESPÍRITO, JAMAIS PODE SER CHAMADO DE BANAL, POIS É ATRAVÉS DELE QUE ATRAVESSAMOS DIMENSÕES  E DIMENSÕES, PARA QUEM SABE NUMA VIDA AQUI REENCONTRAMOS O VERDADEIRO IRMÃO.

MICHEL CAVALHEIRO, PSICOGRAFICAMENTE  


quinta-feira, 25 de abril de 2013

CIGANA DO PANTANO:



CIGANA DO PANTANO
--------------------------
Esta entidade é muito rara se ouvir falar... até porque seu nome mais vulgar é Pomba-Gira do Brejo.. Mais saibam que esta Pomba-Gira tem uma função muito importante dentro da umbanda. Esta linda entidade habita os pantanais e os brejos do baixo astral onde se dedica ao trabalho de socorro e assistência as almas imundas que nestes lugares habitam. Esta gira é muito utilizada para limpezas astrais e para afastar de seus filhos de fé baixas vibrações e obsessões de espíritos perdidos. Esta gira quando incorporada é sempre muito firme das sua maneira de ser... é de pouca conversa, pois vem sempre para trabalhar. Não costuma beber e nem usa flores nos seus trabalhos e tentar amarrar alguém com esta entidade é trabalho desperdiçado, pois não trabalha para o amor! Esta gira já foi muito usada pelos pantaneiros para vingança e danos... mais que também divide o karma com quem pediu... Por isto esta entidade deve se ter muito respeito e cuidado ao trata-la porque sua função real não é fazer o mal e sim guardar as almas perdidas no limbo o que ela faz com muito afinco“Olha que moça linda que vem por ali... Seus cabelos são vermelhos e seus lábios carmim, ela é a gira do brejo, que sai do seu limbo para nos servir...”


Gosta de trabalhar para o amor
verdadeiro, e costuma dar muito brilho para quem a ela se dirigir.
Ajuda
bastante para desenrolar negócios e gosta de limpar caminhos.

Tudo ela
faz com satisfação e alegria, mas, como todo mentor ou mentora cigana Gosta de
bons agrados..
Pulseiras, anéis, perfumes e lenços coloridos... Gosta de
receber suas oferendas e pedidos nas Campinas das estradas de terra... Sempre às
segundas-feiras. Peça com fé e respeito p/ MARIA CIGANA DA
ESTRADA.


Gosta de se vestir de vermelho, amarelo e dourado, gosta de
ler a mão.
Dê à ela 1 rosa amarela sem espinhos numa rodovia larga, aberta e
reta para abrir as estradas para os negócios, emprego, etc...

Ofereça
também 1 rosa vermelha sem espinhos numa estrada de terra bucólica e romântica
para ter sorte no amor e nas paixões!



Ela recebe presentes para
resolver um grande problema em 7 caminhos diferentes

_ 1 rosa amarela ou
vermelha numa rodovia

_ 1 anel dourado numa rua larga e aberta

_ 1
fita amarela ou vermelha num caminho de terra

_ 1 pulseira dourada numa
estrada de ferro

_ 1 lenço amarelo ou vermelho numa rua ou caminho
beirando um rio

_ 1 vela amarela ou vermelha numa rua
movimentada

_ 1 frasco de perfume num caminho de uma praça

SEGUNDO
A LENDA, MORREU SOZINHA, AFASTADA DE TODOS DE SUA FAMÍLIA,
POIS AMOU UM
CIGANO, MAS O MESMO SE CASOU COM OUTRA.
SE TORNOU ANDARILHA, SEM
PARADEIRO.
fonte: comunidade Encanto do Povo Cigano

REFORMA MORAL:

JUS-154-reforma-moral.jpg

QUAL É O MELHOR GUIA? QUAL É A MELHOR GIRA?

JUS-154-qual-e.jpg

POR QUE DESENVOLVER-SE MEDIUNICAMENTE?

JUS-154-desenvolver-se.jpg

quarta-feira, 24 de abril de 2013

MENSAGEM DE MEU FILHO, ATRAVÉS DO GUARDIÃO DOS 7 PORTAIS:


AS DOENÇAS DA MATÉRIA, MUITAS VEZES SÃO CAUSADAS POR ESPÍRITOS ENFRAQUECIDOS...
MAS NADA  QUE COM A FORÇA DA MENTE E O PENSAMENTO POSITIVO NÃO SEJAM CURADAS, TORNANDO ESTE ESPÍRITO FORTE, CAPAZ DE CURAR QUALQUER DOENÇA!!!

MICHEL, ATRAVÉS DA FALANGE DO GUARDIÃO DOS 7 PORTAIS

MENSAGEM POR CIGANO KINGS FIDELIZ, PARA REFLEXÃO!!!



E SE AR SIGNIFICA ALGUMA COISA PARA NÓS SERES TERRESTRES QUE VIVEM NESTE PLANETA, APRENDAM QUE A DESTRUIÇÃO NÃO LEVA A NADA,  MAS A CONSTRUÇÃO NOS LEVA A TUDO!!!!
ENTÃO RESPEITEM A NOSSA MAIOR  MÃE, QUE É A MÃE NATUREZA


MENSAGEM PSICOGRAFADA 


CIGANO KINGS FIDELIZ

ONDE NASCEM AS OBSESSÕES ESPIRITUAIS?






Onde nascem as obsessões espirituais?





por Bruno J. Gimenes


Obsessão é o ato de exercer influência do tipo negativa.
Trata-se de um termo clássico e tradicional utilizado em meio à comunidade espiritualista que passa a ideia de que uma ou mais pessoas, lugares, objetos ou entidades, estão sofrendo influência negativa de origem espiritual.
A designação obsessão espiritual revela o caráter extrafísico do processo, portanto, de forma geral, trata-se de obsessão invisível e silenciosa, logo, com baixíssimo grau de percepção por parte do obsediado.
Existem inúmeros tipos de obsessões, contudo, neste material vamos tratar apenas as de ordem espiritual e de caráter simples.
O assunto é denso, exige profundidade, atenção, maturidade e muito bom senso, porque está intimamente relacionado às questões mais profundas da alma humana.
Digo isso porque a obsessão não acontece sem um obsessor.
A obsessão é um sistema energético que funciona pela presença do obsessor e do obsediado.
Não há um sem o outro.
A obsessão espiritual se dá pela ação de influência de um espírito desencarnado sobre um ou mais espíritos encarnados.
Também podemos lembrar que existem diversos tipos de obsessão, como por exemplo, entre pessoas encarnadas, entre espíritos desencarnados, entre pessoas e espíritos.
Neste caso, estamos abordando unicamente a ação de seres desencarnados sobre os encarnados.

Escolhas e Sintonias: quando a alma desencarna no processo da morte do corpo físico, é a sua constituição moral e sua personalidade que determinará os horizontes que seguirá.
Em outras palavras, "a cada um será dado conforme suas obras".
O que uma pessoa vive na vida material, no que concerne à forma como ela pensa e sente a vida e a sua capacidade de sentir mais ou menos amor, determinará o seu endereço na vida além-túmulo. Como a alma não morre, e ela é a matriz da sua existência, você não se livrará daquela tendência de se magoar, daquela visão pessimista, daquela mania de reclamação, daquela atitude crítica, somente porque "passou para o outro lado".
Se você é uma pessoa legal aqui no lado da matéria, assim será do lado de lá!
Se você é chato, inconveniente e negativo aqui no lado da matéria, assim você será do lado de lá!
A morte não muda o que as pessoas são em essência!
A morte é uma transição necessária que acontece para que as pessoas possam reavaliar seus estágios de evolução e para que possam se reciclar quanto aos seus propósitos e necessidades.

Eu, um Obsessor???
Você morreu, mas aquele ressentimento está mais vivo do que nunca.
O seu corpo morreu, mas aquela tristeza está mais forte do que nunca.
O seu corpo já virou resíduo no cemitério, mas aquele vício por cigarro, álcool ou por aquela alimentação desregrada ainda está muito forte.
O que você acha que acontece?

O início de uma obsessão:
você tem a oportunidade de após a morte do seu corpo físico, seguir no caminho da consciência e da continuidade da sua evolução, mesmo que isso exija dedicação, empenho e muito trabalho.
Sempre há uma mão estendida do lado espiritual, proporcionando ajuda no sentido da elevação moral daquele que acaba de desencarnar.
Todavia, ceder aos impulsos da carne e obedecer a um chamado da alma não é tarefa simples, em especial para aquele que se intoxicou profundamente no período de uma vida, com ilusões mundanas, materialismo excessivo e paixões animalizadas.
É nesse momento que a evolução pelo caminho da dor pode começar.
Se o espírito recém-desencarnado não se dedicar ao aprimoramento de sua alma, cederá aos impulsos ainda remanescentes de uma alma contaminada pelo estilo de vida material sem valores espirituais. Como saciar os desejos de uma alma doente e dependente de elementos de uma vida material?
Somente com elementos do mundo material...
Dessa forma, o espírito apegado ao modo de vida na Terra, ignora o chamado que levará ao o seu aperfeiçoamento para ser magnetizado aos elementos que provocaram a ilusão da saciedade.
Com esta escolha, o espírito passará a seguir o caminho da obsessão espiritual.
De forma magnética, será atraído para pessoas encarnadas que estejam mergulhadas nas sensações em que ele é viciado, passando a participar ativamente da aura de acontecimentos, idas e vindas dessas pessoas.
Seu objetivo não é fazer mal a ninguém, apenas alimentar suas sensações de carência com os fluidos energéticos das práticas realizadas na Terra por um ou mais encarnados.
A obsessão acontece no sentido de sugar os fluidos corpóreos extrafísicos exalados pelos ambientes e pessoas que produzem as sensações as quais o obsessor necessita.

Elementos de dependência:
tudo aquilo que gera vício e provoca sentimentos animalizados ou desequilibrados, gera a escravização.
Se você é uma pessoa cheia de rancor, poderá viciar-se em situações de mágoa e quando desencarnar, ficar presa às situações similares;
Se você é uma pessoa controladora e autoritária na sua família, quando desencarnar, tende a ficar preso às situações similares; se você é descompromissado, não tem vontade de crescer, não tem ambição para vencer o comodismo, quando desencarnar, tende a ficar preso em situações similares.
Emoções negativas são viciantes, portanto, são as maiores responsáveis por dar origem a condição de obsessor espiritual.

90% das obsessões não são feitas por espíritos malignos:
você não precisa ser uma pessoa maldosa para se tornar um obsessor espiritual, basta que você se deixe levar pelas emoções negativas, que feche as portas para a necessidade de evolução e que mergulhe nos erros da invigilância espiritual, para que você se torne um candidato a obsessor.
É simples assim!

90% dos obsessores procuram amigos e familiares:
da mesma forma que vivemos no mundo material em grupos sintonizados por afinidades, quando desencarnamos e não aprendemos a domar as emoções viciantes, voltamos a procurá-los.
As obsessões têm a maior tendência de acontecer com parentes e amigos.

As Consequências:
basicamente, o obsessor se alimenta de uma ou mais sensações específicas que são geradas na associação do corpo mental e emocional do obsediado.
E para que essas sensações sejam produzidas pelo obsediado, o obsessor irá constantemente estimular seu alvo a tais ações.
Com essa corrida sem fim, o obsediado passa a ser manipulado não somente pelos seus próprios vícios, mas também pelas ações de entidades externas.
Por meio dessa influenciação, o obsediado aumenta o seu nível de dependência e de desequilíbrio.
Também pode começar a sentir outros anseios, dores, emoções e traços de temperamento do seu obsessor, o que provocará inúmeras sensações inconvenientes.



http://somostodosum.ig.com.br/

SABEDORIA XAMÂNICA:






QUASE SEMPRE NOS PREOCUPAMOS COM O QUE É URGENTE
E DEIXAMOS DE FAZER O QUE É ESSENCIAL.
SABEDORIA XAMÂNICA


TAJ MAHAL, UMA HISTÓRIA DE AMOR:





TAJ MAHAL - UMA HISTÓRIA DE AMOR

Como todas as histórias, esta também começa da mesma maneira... Era uma vez um príncipe chamado Kurram que se enamorou por uma princesa aos quinze anos de idade. Reza a história que se cruzaram acidentalmente, mas seus destinos ficaram unidos para todo o sempre. Após uma espera de cinco anos, durante os quais não se puderam ver uma única vez, a cerimônia do casamento teve lugar do ano de 1612, na qual o imperador a rebatizou de Mumtaz Mahal ou "A eleita do palácio". O Príncipe, foi coroado em 1628 com o nome Shah Jahan, "O Rei do Mundo" e governou em paz.
Quis o destino que Mumtaz não fosse rainha por muito tempo. Ao dar à luz o 14º filho de Shah Jahan, morreu aos trinta e nove anos em 1631. O Imperador ficou tremendamente desgostoso e inconsolável e, segundo crônicas posteriores, toda a corte chorou a morte da rainha por dois anos. Durante esse período, não houve música, festas ou celebrações de espécie alguma em todo o reino.
Shah Jahan ordenou, então, que fosse construído um monumento sem igual, para que o mundo jamais pudesse esquecer. Não se sabe ao certo quem foi o arquiteto, mas reuniram-se em Agra as maiores riquezas do mundo. O mármore fino e branco das pedreiras locais, jade e cristal da China, turquesa do Tibet, lápis - lazúli do Afeganistão, ágatas do Yemen, safiras do Ceilão, ametistas da Pérsia, corais da Arábia Saudita, quartzo do Himalaia, âmbar do Oceano Índico.



Surge assim o Taj Mahal. O seu nome é uma variação curta de Mumtaz Mahal, o nome da mulher cuja a memória preserva. O nome "Taj", é de origem persa, que significa coroa. "Mahal" é arábico e significa lugar. Devidamente enquadrado num jardim simétrico, tipicamente muçulmano, dividido em quadrados iguais cruzado por um canal ladeado de ciprestes onde se reflete a sua imagem mais imponente. Por dentro, o mausoléu é também impressionante e deslumbrante. Na penumbra, a câmara mortuária está rodeada por finas paredes de mármore incrustado com pedras preciosas que formam uma cortina de milhares de cores. A sonoridade do interior, amplo e elevado é triste e misterioso, como um eco que soa e ressoa sem nunca se deter.



Sobre o edifício surge uma cúpula esplendorosa, que é a coroa do Taj Mahal. Esta é rodeada por quatro cúpulas menores, e nos extremos da plataforma sobressaem quatro torres que foram construídas com uma pequena inclinação, para que em caso de desabamento, nunca caíssem sobre o edifício principal.
Os arabescos exteriores são desenhos muçulmanos de pedras semipreciosas incrustadas no mármore branco, segundo uma técnica Italiana utilizada pelos artesãos hindus. Estas incrustações eram feitas com tamanha precisão que as juntas somente se distinguem à lupa. Uma flor de apenas sete centímetros quadrados pode ter até sessenta incrustações distintas. O rendilhado das janelas foi trabalhado a partir de blocos de mármore maciço.



Diz-se que o imperador Shah Jahan queria construir também o seu próprio mausoléu. Este seria do outro lado do rio. Muito mais deslumbrante, muito mais caro, todo em mármore preto, que seria posteriormente unido com o Taj Mahal através de uma ponte de ouro. Tal empreendimento nunca chegou a ser levado a cabo. Após perder o poder, o imperador foi encarcerado no seu palácio e, a partir dos seus alojamentos, contemplou a sua grande obra até à morte. O Taj Mahal foi, por fim, o refúgio eterno de Shah Jahan e Mumtaz Mahal. Posteriormente, o imperador foi sepultado ao lado da sua esposa, sendo esta a única quebra na perfeita simetria de todo o complexo do Taj Mahal.
Após quase quatro séculos, milhões de visitantes continuam a reter a sua aura romântica... o Taj Mahal, será para todo o sempre um lágrima solitária no tempo.

Obvious
Publicado por Benjamin Junior em Artes e Ideias

A VIDA, MENSAGEM DO GUARDIÃO DOS 7 PORTAIS, CIGANOS, POVO DAS MATAS E DAS ÁGUAS, TUDO JUNTO E MISTURADO!!!


O QUE É A VIDA? ALGUM DE VOCÊS PODEM ME EXPLICAR?
EU ESTOU AQUI A ESCUTAR... NÃO ME VENHAM COM FALSAS DEMAGOGIAS!!!
PORQUE A VIDA NÃO É UMA FANTASIA. A VIDA TRAZ JUNTO À ELA: O AMOR, A PAZ, A FELICIDADE E A PROSPERIDADE, MAS TAMBÉM PODE TRAZER A MALDADE.
A VIDA NÃO É UM BRINQUEDO, NEM UM JOGO QUE SE PODE USAR ARMAS DE FOGO PARA CEIFÁ-LA.
A VIDA É MUITO MAIS QUE ISSO!!! É O AMOR GRANDE E INFINITO ONDE NÓS SERES HUMANOS  E TERRESTRES DEVERIAM AGIR ANTES COM A RAZÃO E DEPOIS COM O CORAÇÃO, POIS O CORAÇÃO, ÁS VEZES FICA AMOLECIDO E SE TORNA ENEGRECIDO, MAS A RAZÃO É O PENSAMENTO QUE NOS LEVA  A AGIR DE UMA FORMA DE TRANSMISSÃO DA RAZÃO PARA O CORAÇÃO, PARA QUE POSSAMOS SEMPRE ANTES DE AGIR, PENSAR NAQUILO QUE NOS LEVA A FAZER ALGO.
SERÁ QUE CEIFAR VIDAS NOS TRAZ PRAZER? OU SERÁ QUE O AMOR É QUE SEMPRE DEVE VENCER?

GUARDIÃO DOS 7 PORTAIS

FALANGE GUARDIÃO, CIGANOS, POVO DAS MATAS E DAS ÁGUAS

E SE AR SIGNIFICA ALGUMA COISA PARA NÓS SERES TERRESTRES QUE VIVEM NESTE PLANETA, APRENDAM QUE A DESTRUIÇÃO NÃO LEVA A NADA,  MAS A CONSTRUÇÃO NOS LEVA A TUDO!!!!
ENTÃO RESPEITEM A NOSSA MAIOR  MÃE, QUE É A MÃE NATUREZA


MENSAGEM PSICOGRAFADA 


CIGANO KINGS FIDELIZ


MENSAGEM DE MEU FILHO, ATRAVÉS DO GUARDIÃO DOS 7 PORTAIS:


AS DOENÇAS DA MATÉRIA, MUITAS VEZES SÃO CAUSADAS POR ESPÍRITOS ENFRAQUECIDOS...
MAS NADA  QUE COM A FORÇA DA MENTE E O PENSAMENTO POSITIVO NÃO SEJAM CURADAS, TORNANDO ESTE ESPÍRITO FORTE, CAPAZ DE CURAR QUALQUER DOENÇA!!!

MICHEL, ATRAVÉS DA FALANGE DO GUARDIÃO DOS 7 PORTAIS


SOMENTE ESTENDENDO A MÃO AO NOSSO SEMELHANTE, É QUE PODEMOS SABER DE QUE LADO ESTAMOS!!!!
UMA MÃO ESTENDIDA, SIGNIFICA ESTAR AO LADO DO BEM!!!
UMA MÃO NOS BOLSOS, SIGNIFICA GANÂNCIA!!!
QUE ESTA MENSAGEM SIRVA PARA OS QUE  DIZEM SER ESPIRITUALIZADOS REFLETIREM SE VALE A PENA ESTENDER A MÃO OU ENCHEREM  OS SEUS BOLSOS DE OURO!!!

TODOS JUNTOS E MISTURADOS (ATRAVÉS DO GUARDIÃO DOS 7 PORTAIS)


terça-feira, 23 de abril de 2013

TUDO PASSA, MENSAGEM ESPÍRITA:


TUDO PASSA

Não te esqueças, sempre, de meditar na transitoriedade de tudo.

Problema algum vem para ficar.

Nenhuma alegria é eterna.

Aborrecimentos surgem e vão.

Dias felizes são momentos fugazes.

Não te fixes, demasiadamente, em teus estados de espírito.

Trabalha para perpetuar o bem, com o propósito de fazer durar a serenidade.

Assim como se alternam as estações, alternam-se as fases da alma no corpo.

A dor que te parece eterna é prova passageira.

A Alegria Perene está na perfeita integração com Deus.

A paz que se foi há de voltar!

Sofrimento que vem há de ir embora!

Conserva, no entanto, contigo a certeza de que o bem que praticas
cotidianamente é uma bênção que se faz constante.

(Irmão José Psicografia: Carlos A. Baccelli)

domingo, 21 de abril de 2013

LUA CHEIA DE TOURO, FESTIVAL DE WESAK, 3ª FEIRA DIA 23 DE ABRIL:



"A energia de Touro caracteriza-se pela nossa aspiração por tudo que é mais sagrado em nossas vidas. Touro representa o desejo da manifestação que, para aqueles que se encontram a serviço da Luz, é a aspiração divina; a iluminação ou o despertar da consciência espiritual para si e para toda a humanidade. No dia da Lua Cheia, há um encontro entre o Buddha, o Cristo e a Hierarquia com toda a humanidade para irradiação da energia da Iluminação, ou seja, a manifestação do Céu na Terra. Como diz Alice Bailey: “Em Touro - o Desejo é transformado em aspiração, as trevas dão lugar à luz e à iluminação, o olho de Touro se abre - o terceiro olho espiritual, ou ‘olho único’ do Novo Testamento. ‘Se o teu olho é único’, disse Cristo, ‘todo o Teu corpo estará cheio de luz’. Este olho substitui os dois do Eu Pessoal. A atenção do homem se concentra na aquisição espiritual. Ele trilha o Caminho do Discipulado”.
Wesak é uma festa da libertação, do despertar e da transfiguração, a jornada de volta ao Lar. No momento da Lua Cheia, a Luz do Olho de Touro brilha sobre o Buddha, o Cristo e a Hierarquia espiritual do planeta e Eles a transmitem para a humanidade. Os aspirantes são estimulados em suas aspirações e os discípulos e Iniciados tornam-se mais firmes e estáveis no caminho que leva de volta ao Lar. Esta energia permanece durante toda a semana da Lua Cheia, que se prolonga até 3 dias após o plenilúnio. Portanto, é bom estar em contato com esta força durante este período.
O Festival de Wesak é um trabalho de construção de pontes entre a humanidade e a divindade. A meditação em Wesak cria um equilíbrio entre o ser inferior (nossa personalidade) e o Eu Superior (a Alma Imortal)."

(Roberto Nogueira, em "Estudos sobre a Alma")

CIGANOS NA EUROPA, UMA HISTÓRIA DE PERSEGUIÇÃO:


Ciganos na Europa, uma história de perseguição




Paris (Prensa Latina) Assentados na Europa desde os alvores da alta idade média, ao redor do ano 1400 de nossa era, os ciganos constituem a maior minoria étnica do continente e também a mais perseguida, vítima de preconceitos, discriminação e maltratos.


Sua presença ao longo do tempo é inegável e mostra-se em várias manifestações artísticas, como a música, a pintura e a literatura, mas a percepção da sociedade sobre este grupo humano está permeada por uma série de preconceitos, errôneos a maioria deles.


Influem nisto vários fatores, como as incógnitas sobre sua origem, seu isolamento e sua negativa a aceitar outras normas de vida que não sejam as próprias.


Sabe-se que partiram de algum lugar do norte da Índia, possivelmente fugindo das invasões mongóis e muçulmanas, e depois de 600 anos chegaram ao Bósforo e dali ao sul da Grécia, numa região chamada o "pequeno Egito".


Uma das teorias sobre seu nome reforça esta hipótese pois ao chegar a terras da península ibérica foram denominados como "egiptanos", palavra que derivou na atual designação de "gitanos", ainda que entre eles se definem como "roms" segundo seu próprio idioma, o romani.



Versão impressa
Tamanho da Fonte
Enviar para um amigo


Sua indocilidade a acatar as autoridades locais, sobretudo as rígidas normas religiosas da época, e o caráter transumante fizeram que lhes começasse a imputar todo tipo de males associados a sua presença, como roubos, mortes, desaparecimento de crianças e até doenças e más colheitas.


De fato, Victor Hugo escandalizou à sociedade francesa do século XIX com seu romance Nossa Senhora de Paris, onde atribui valores morais aos ciganos e responsabiliza, em troca, pela atroz morte da protagonista feminina, Esmeralda, à turva conduta do arquidiácono Claude Frollo.


Outro tanto fez em Londres Arthur Conan Doyle, quem dá um tratamento digno aos roms em seu romance A Faixa Malhada.


Fora estes e outros poucos casos, a realidade é que os preconceitos contra os ciganos se foram acumulando durante séculos no imaginário popular, o que provocou, por sua vez, um maior isolamento entre estes grupos.


O século XX não fez senão aumentar os males destas comunidades em solo europeu, sobretudo na medida em que se fortaleceu o regime nazista e suas teorias sobre a pretendida pureza da raça ariana.


Em 1934 começou-se a praticar a esterilização de roms por meio de injeções ou castração na Alemanha e quando estourou a guerra lhes concentrou em campos de trabalho e extermínio, como Dachau, Sachsenhausen e Buchenwald.


Durante a madrugada de 3 de agosto de 1944 três mil homens, mulheres e crianças dessa raça que ainda estavam em Auschwitz-Birkenau foram assassinados nas câmaras de gás e incinerados.


O holocausto cigano é pouco estudado e desconhece-se o número exato de vítimas, mas especialistas assinalam que essa população ficou reduzida a menos da metade no final do conflito, quando suas condições de vida também não melhoraram.


Sua existência passou despercebida durante o processo de construção da União Europeia (UE), que ocupou boa parte da segunda metade do século XX, e a princípios do século atual lhes mantém à margem dos benefícios sociais e políticos destas estruturas.

A maior parte dos 10 milhões de ciganos na UE são cidadãos de países membros desse mecanismo, mas pertencem a uma espécie de segunda categoria, estão fora do chamado "estado de bem-estar", e carecem de emprego, saúde, educação e liberdade de mobilização.


Talvez de maneira involuntária a França contribuiu a que se atentasse sobre eles quando o ex-presidente Nicolás Sarkozy (2007-2012) aplicou uma política de expulsões em massa, que provocou uma onda de reações adversas em todo o continente.


Ainda que a pressão externa tenha obrigado o governo galo a frear essas medidas, a situação no interior do país tornou-se a cada vez mais precária e não mudou com a chegada das novas autoridades em maio de 2012.


A 21 de março deste ano, a Comissão Nacional Consultiva dos Direitos Humanos assegurou em seu relatório sobre racismo e xenofobia que "mais ainda que os muçulmanos, os roms migrantes sofrem de uma imagem extremamente negativa".


Segundo um questionário feito pela entidade, uma ampla maioria de franceses tem um mau conceito destes grupos, sem conhecê-los a profundidade.


Organizações humanitárias assinalam que, ao expressar sua opinião sobre esta comunidade, a população ignora ou evade o tema da proibição de lhes dar trabalho, os obstáculos para inscrever seus filhos nas escolas ou as consequências da constante destruição e desalojamento de seus acampamentos.


A cada vez que são expulsos de um lugar, as crianças perdem sua vinculação docente e os doentes, muitos com padecimentos crônicos, interrompem seu tratamento com severos danos para sua saúde.


O agrupamento Romeurope chamou a brindar-lhes maiores oportunidades aos membros da etnia e destacou o caso da jovem Anina Ciuciu quem, de deambular de menina pelas ruas de Lyon, conseguiu ingressar no ano passado à Sorbonne graças ao apoio de várias pessoas.


Segundo os especialistas, será impossível conseguir a inserção efetiva dos ciganos à sociedade, se dantes não se rompe a corrente histórica de preconceitos e discriminação, e lhes abrem as mesmas possibilidades que ao resto da população europeia.


*Corresponsável da Prensa Latina na França.

http://www.patrialatina.com.br/editorias.php?idprog=6504909ab81edf8086a8ec6982a1099a&cod=11335