Pesquisar este blog

Follow by Email

LINK...

sábado, 15 de março de 2014

ERVAS QUE CURAM A ALMA, COMO FAZER UM AUTO BENZIMENTO:






Ervas que curam a alma: como fazer um auto-benzimento
por Bruno J. Gimenes


Olá, eu sou o Bruno J. Gimenes do Luz da Serra, da Fitoenergética e de diversos outros sites da internet.

Eu já escrevi mais de 10 livros na temática das espiritualidade e das terapias vibracionas e complementares, contudo, a minha primeira obra, e a mais difícil de fazer foi Fitoenergética - A energia das Plantas no Equilíbrio da Alma. Este material é inédito no mundo e explica como a energia sutil das ervas, ou seja, o poder extrafísico - portanto invisível - pode ajudar na cura da alma. Nós consideramos dentro da visão da terapia holística que a verdadeira causa das doenças não está no corpo físico, mas na essência, ou como chamamos mais comumente: na consciência. E o estudo profundo por mais de cinco anos que fiz com a energia das plantas, com 118 espécies de vegetais, entre elas ervas, flores, frutas, raízes e sementes, mostrou que essa energia sutil (fitoenergia) é capaz de curar a alma em níveis profundos. (você pode ver um amostra da comprovação científica do trabalho assistindo esse vídeo )

E neste post eu quero ensinar uma entre as diversas técnicas que eu já estudei e desenvolvi durante os meus anos de trabalho com a energia das ervas.

Essa técnica que eu vou lhe ensinar é basicamente para ajudar você a:

1- Abrir caminhos, eliminar negatividades e remover confusões mentais e indecisões.
2 - Melhoria da saúde física e do estado espiritual.

Estamos misturando técnicas de envio à distância com a técnica milenar do benzimento com as ervas. Essas duas técnicas são muito profundas e exigem bastante estudo. Para você ter uma ideia, ensinamos em um curso que dura um ano, então para que você tenha uma ideia resumida e uma prática rápida que você pode fazer imediatamente, eu organizei essa fórmula express de tratamento.

Você irá precisar de coisas muito simples para praticar esse exercício:

1- Um lugar calmo e silencioso;
2 - Uma cadeira ou poltrona para sentar-se;
3- 3 folhas de louro (desidratado ou verde, tanto faz)

Passos da prática

1 - Procure um lugar calmo e tranquilo. Tenha certeza que não sofrerá interrupções. Então, faça uma oração rápida de agradecimento e conexão com Deus, da sua forma e do seu jeito.

2 - Sente-se na cadeira confortavelmente, respire profundamente algumas vezes e relaxe.

3 - Pegue as três folhas de louro na sua mão direita e segure-as com tranquilidade.

4 - Agora concentre-se em imaginar, visualizar ou acreditar que no centro da sua testa se forma um ponto de luz prata. Simultaneamente imagine, acredite ou simplesmente sinta que na região do seu coração forma-se um ponto luminoso verde. Então, sustente a crença ou a visualização desses dois pontos acesos. O ponto prata na sua testa e o ponto vede no seu coração. Fique sustentando a visualização dessas duas luzes.

5 - Pegue apenas uma entre as 3 folhas de louro. Encoste com suavidade na sua testa no ponto da luz prata. E diga:

Eu conecto a minha mente com a mente de Deus. Eu me conecto com a sabedoria de Deus. Eu sou a sabedoria de Deus em ação para o bem maior.

Fique assim por 30 segundos e depois coloque a folha de louro usada de lado.

6 - Pegue uma segunda folha de louro. Encoste com suavidade no seu peito no ponto da luz verde do seu coração e diga:

Eu conecto o meu coração com o coração de Deus. Eu me conecto com o amor de Deus. Eu sou o amor de Deus em ação para o bem maior.

Fique assim por 30 segundos e depois coloque esta segunda folha de louro usada de lado junto com a primeira.

7 - Pegue a terceira e última folha de louro e agora segure-a entre as suas duas mãos que devem estar em forma de prece postadas à frente do seu estômago.

Então, imagine, sinta ou acredite, que as luzes verde e prata que antes estavam no seu coração e testa, agora pulsam na suas mãos em prece. Então, sinta, imagine ou acredite, que as luzes verde e prata pulsam com suavidade como um coração. E elas se alternam, pulsando verde e prata, verde e prata, verde e prata. Quando o verde fica fraco, o prata fica mais forte. Quando a luz prata fica mais fraca o verde fica mais forte e assim ciclicamente.

8 - Quando você sentir que as luzes verde e prata pulsam automaticamente entre as suas mão postadas em forma de prece, unidas com a folha de louro, apenas diga mentalmente:

Eu me entrego à força da verdade da minha alma... EU me entrego à energia maior de Deus... EU me entrego à cura da natureza sobre mim e tudo que me envolve.

Obrigado, obrigado, obrigado!

9 - Fique assim por aproximadamente um minuto, mantendo os olhos fechados e a concentração no pulsar da luz verde e prata.

10 - Então, desperte com suavidade. Pegue as 3 folhas usadas na prática e descarte em um jardim ou vaso, expressando sua gratidão.

Notas importantes sobre a técnica.

- Não existe contra-indicação;
- Não provoca qualquer tipo de reação negativa;
- Pode ser feita até 3 x por semana;
- Pode ser ensinada para outras pessoas;
- Se você não conseguir visualizar as luzes verde e prata, mas acreditar com força e entrega, vai funcionar igualmente;
- Você não precisa ter nenhum dom especial e não precisa ser expert em nenhuma filosofia para fazer essa prática.
- Pode e deve ser usado qualquer tipo de problema, seja ele físico, mental, emocional ou espiritual.
- Tanto faz usar louro desidratado ou fresco.

Agora eu só quero combinar uma coisa com você. É o seguinte... Eu quero lhe pedir para que você comente o que achou deste conteúdo e também que você comente os resultados que teve com a prática. E eu quero saber também o que você tem achado dos conteúdos que eu e a Patrícia Cândido temos postado sobre a Fitoenergética e a Energia das Plantas.

E se você ainda não se inscreveu na nossa lista exclusiva para receber vídeos, artigos e dicas como essa, clique aqui e inscreva-se agora.

Um grande abraço e até a próxima.

Muita Luz

Bruno J. Gimenes