Pesquisar este blog

Follow by Email

LINK...

domingo, 22 de junho de 2014

A NATUREZA DA CASA:





A NATUREZA DA CASA
Como vivemos e pensamos a respeito de nossa casa reflete nosso entendimento de conforto. Estar em casa e se sentir em casa é importante.
O ambiente de nossa casa é a expressão perfeita de nosso estado psicológico e espiritual. É um instrumento maravilhoso para nos compreender e uma maneira poderosa de catalisar mais harmonia para dentro de nós a fim de promover mudanças na casa.
O ambiente material não mente...
Se bloqueamos o caminho por onde nos movimentamos ou obstamos as portas de se abrirem completamente, ou bloqueamos o progresso físico pela casa, estamos dando ao universo uma mensagem de que não estamos prontos para acessar completamente a generosidade da vida.

SINOS DOS VENTOS
Um sino dos ventos pode ser usado, como um cristal, para irradiar som de uma forma onipresente. Ao fazê-lo, pode ajustar a direção do fluxo do chi difundindo e irradiando um impacto linear como o de uma rua, vestíbulo ou escada que estejam virados para a porta da frente, desviando o chi e aliviando a pressão.
Os tubos dos sinos dos ventos devem ser de metal e produzir um som claro, doce e limpo.
É desejável que os sinos dos ventos tenham cinco tubos, o que representaria o poder combinado dos Processos dos Cinco Elementos.
Um sino dos ventos pode:
• Chamar a atenção para os dons que você tem a oferecer ao mundo, promovendo a carreira, a fama e a prosperidade.
• Alertar, despertar e clarear a mente. O sino dos ventos também pode estimular o intelecto de uma pessoa.
• Chamar a atenção e causar impressão.
• Estimular nosso chi. Se alguém passa uma quantidade irregular de tempo na cama, coloque um sino dos ventos no centro da cama.
Esse método é usado se alguém está deprimido, é preguiçoso, não consegue realizar nada ou é suicida.
Se o som for agradável, poderá ser usado para chamar a felicidade, amor, paz, harmonia...
A CASA COMO CORPO E O CORPO COMO UM LUGAR
Um antigo texto de Feng Shui afirma que o "corpo da Terra é como o corpo de um ser humano".
Aplicações· práticas desse princípio incluem olhar para casas, cômodos e lugares como se fossem gente, bem como estudar o corpo humano da mesma forma que estudaríamos um lugar.

Os cuidados normais de manutenção e limpeza, a beleza e o espaço possuem significados mundanos e transcendentais.
SOM
O uso do sentido da audição pode ter um resultado poderoso no Feng Shui. Colocar um som agradável pode ajustar em muitas situações de Feng Shui.
COMO COMPREENDER A CASA COMO UM CORPO
A casa toda corresponde a uma imagem superposta do corpo humano. A maneira com aplicamos essa imagem é imaginar que um corpo jaz com o rosto para baixo no interior da casa.
Sua cabeça está posicionada na porta da frente.
Se, dessa perspectiva, a área ligada com o lado direito do corpo é encurtada ou possui porções faltando, as pessoas do sexo feminino da casa podem sofrer.
Se o lado esquerdo correspondente tem um problema, os homens podem ter dificuldades.
O sistema elétrico de uma casa corresponde à circulação sanguínea.
O sistema hidráulico relaciona-se com o bombeamento do corpo humano.
As paredes são como a pele.
A frente à esquerda e à direita são como nossas mãos.
A viga mestra do telhado simboliza a parte de trás e do alto da cabeça.
A porta da frente representa a cabeça, mas em alguns casos representa também o canal de nascimento.
Se a entrada é muito estreita, pode haver problemas para dar à luz.



OS OITO TRIGRAMAS E O CORPO
Usando a imagem superposta do corpo como a casa, lembre-se de que cada trigrama está associado com uma parte do corpo:
chyan é a cabeça,
kan são osouvidos,
ken as mãos,
chen representa os pés,
hsunestá associado com os quadris,
li está conectado com os olhos,
kun está relacionado com o abdome eo estômago,
tuí está ligado com os pulmões e a boca.
Um problema em uma parte da casa com base na superposição da imagem humana expressa-se em termos da sobreposição dos trigramas, ou pode se expressar em termos de problemas que têm a ver com a porção da imagem do corpo que é impactada pela forma ou por outras condições da casa.
AS TRÊS COISAS MAIS IMPORTANTES DA CASA
A porta da frente, a cama e o fogão ou a tampa do fogão de cozinha são os três objetos mais importantes de uma casa da perspectiva tradicional e da Seita Negra.
• A porta da frente representa a maneira como a vida nos chega, nossas oportunidades e possibilidades.
Ela representa a dimensão yang da experiência.
• A cama onde dormimos é energicamente ligada a cada um de nós.
Dormir é uma condição yin. A cama protege,conforta e nos capacita a realmente repousar, ilustrando sua grande importância.
• O fogão representa a fonte de nossa alimentação.Para a maioria de nós a capacidade de obter alimentos vem de nosso trabalho no mundo.
O fogão tem muito a ver com nossa vida pública, nossa carreira, o reconhecimento que recebemos, se somos notados ou não e nossa capacidade de manifestar nossos desejos.
O FENG SHUI DA PERSPECTIVA DO BUDISMO TÂNTRICO
DA SEITA NEGRA: UMA VISÃO ESTRUTURAL
A estrutura do Feng Shui da Seita Negra tem dois lados. Um deles representa o lado objetivo, tangível, físico, visível do Feng Shui da Seita Negra.
O outro lado toca métodos básicos que envolvem o aspecto yin subjetivo, intangível, invisível.
Ao combinarmos os aspectos objetivo e subjetivo,somos capazes de compreender o que avaliar em um lugar do ponto de vista do Feng Shui e qual metodologia usar para criar uma transformação bem-sucedida de Feng Shui.
OBJETIVO TANGÍVEL FÍSICO VISÍVEL JULGANDO
AS QUALIDADES DO CHI DA TERRA
Primeiro olhamos para a maneira como a casa está localizada em seu entorno.
O Feng Shui tradicional oferece um rico vocabulário para compreendermos o chi da Terra.
Olhamos para as colinas e a água de uma terra para compreendermos seu chi e sua sorte.
As colinas, com seus picos, cristas
e outras formas, são consideradas dragões, que podem trazer chi auspicioso.
Observamos recursos distintos que incluem cursos d'água, formações geológicas e formas incomuns. Olhamos o lugar em questão, observando seus edifícios ou túmulos.
Olhamos o que é chamado de toca do dragão ou o lugar em si, o ponto focal do chi do lugar, às vezes uma pequena declividade, uma depressão, uma caverna ou um lugar parecido com uma cadeira de braços protegido pelos três lados.
Um lugar ideal tradicional seria um lugar do tipo "cadeira segura e feliz", que é até certo ponto em cima de uma colina, com a sensação de proteção nos fundos produzida por uma ladeira arborizada, cristas apoiadoras com o braço de uma cadeira e uma vista frontal ampla.
Em geral, queremos saber como o chi entra ou sai de um lugar. Queremos saber se o chi é coletado ou condensado, tal coletado em um braço de rio. Ou o chi pode ser disperso, vazando ou escorrendo para longe, talvez ladeira abaixo ou por um súbito declive acentuado.
Talvez o chi possa prejudicar ou impor-se em um lugar por ser muito direto em sua aproximação ou muito forte e exauridor. Em um determinado lugar tudo pode estar encadeado, mutuamente contido ou reconhecido como tendo um padrão unificado.
Um lugar pode ser belo, luxuriante ou puro em termos de chi. Outro pode ser caótico, confuso ou turvo. Desejamos sentir a presença subjacente do lugar com
a sensação da simpatia por seus sentimentos, tom e qualidade.
Podemos chegar a conhecer o caráter de um lugar e descobrir a regra ou padrão que governa seu comportamento e prognostica o que pode acontecer.Exemplos de como determinar o caráter do chi de um lugar se seguem.

CHI DA TERRA REFLETIDO NA VIDA CIRCUNDANTE
Conhecer a condição do chi da Terra de um lugar é fundamental para compreendermos seu Feng Shui.Há algumas maneiras simples de conhecer o chí da Terra.
• NATUREZA - Considere os ambiente que vê.
São saudáveis ou fracos? Que tipo de espécie vive há ali?
São auspiciosos, hospitaleiros ou agressivos e doentes?
Fazer essa determinação é algo muito fundamentado culturalmente, portanto, seja cuidadoso
• PLANTAS - Qual é o estado da vegetação?
As árvores são viçosas?
Como é o crescimento das árvores, sobretudo de espécies específicas? São essas áreas de vegetação descoloridas ou pobres em desenvolvimento?
Certa vez descobri um câncer em um tronco de árvore diretamente em linha com o local onde um homem sofria de câncer na garganta.
Uma linha de descoloração na grama que não se desenvolve bem estava direcionada para sua janela. Problemas de água subterrânea contribuíram para a descoloração.
É o crescimento das plantas, no local, melhor, pior ou o mesmo que das propriedades vizinhas?
Avaliar as plantas e como elas crescem dentro de casa também é uma forma de estudar o chi da Terra.
• PESSOAS - Que tipo de pessoa está presente?
Há muitos profissionais trabalhando na redondeza ou há pessoas muitas pessoas carentes e sem trabalho?
Como ocorre as mudanças no bairro?
A pobreza e atividades sociais possuem chi próprio. Também podemos usar o chi de um local. Há um dito chinês que diz que se você fica perto da cor preta, se torna preto. Por exemplo, aqueles que ainda não conseguiram ter filhos escolhem viver em um lugar que tenha muitas crianças, onde a vida é abundante, o que aumenta suas chances.
• EVENTOS - Podemos considerar quais são os eventos ou acontecimentos que transpiram nas casas ou apartamentos do bairro.
Tem havido acidentes de carro? Roubos? Mortes? Brigas? Bancarrota?
Ou tem havido nascimentos? Promoções? Aumento de salários? Empreendimentos bem -sucedidos?
• EVENTOS ESPIRITUAIS - Quando visitamos um lugar para avaliar seu Feng Shui, o que acontece enquanto estamos lá é extremamente importante.
No exemplo do professor Lin, se quando chegamos a um lugar descobrimos que o estacionamento está lotado de gente que acompanha um funeral e dois carros fúnebres estão estacionados na frente da "auspiciosa da casa à venda" que estamos visitando;
Que quando acendemos a luz a lâmpada queima;
Que há pássaros mortos no terraço e baratas correndo na cozinha, pode bem ser que essa não seja a casa para nós.
Podemos até cair e nos ferir nas escadas quando tentamos sair apressadamente.
Precisamos compreender como o chi se conecta, como um evento expressa e se relaciona com outro. Isso permite-nos interpretar eventos espirituais como indicadores do chi de um lugar. Se simplesmente vemos uma coisa, em termos do chi da Terra, não é suficiente.
Ao olharmos para o chi da Terra, temos de ser flexíveis e inovadores. Também é bom mentalmente darmos um passo para trás e dar uma olhada geral e ampla no local pensando sobre a cidade, o ecossistema, a água e as colinas - todos os amplos fatores que influenciam o chi de uma área.

CHI DA TERRA INFLUENCIADO PELO TERRENO NATURAL
Influências externas também fazem parte da análise do chi da Terra.
Uma dessas considerações é o caminho de nossa casa até nosso trabalho.
Se o caminho é seco, sujo, violento ou passa por cemitérios, terrenos baldios cheios de lixo, ou por casas onde há funerais, podemos chegar no trabalho e nos alongar no assunto da morte da amigos ou na nossa própria morte iminente.
Para algumas pessoas essa influência pode ser até mais profunda. Ao longo do dia elas podem se sentir deprimidas. Esse tipo de experiência pode apresentar obstáculos para a carreira e impedir uma pessoa de alcançar sucesso.

Se, por outro lado, vemos árvores e vegetação viçosa no caminho para o trabalho, ou passamos por escolas, atividades que prometem prosperidade,temos uma informação diferente, mais positiva.

• A "cadeira segura e feliz". O local correto e confortável para um edifício fornece proteção nos fundos, apoio nos lados e uma vista para a frente. Se nos fundos há colinas e na frente uma vista para o mar ou uma proposta ampla e agradável, a sensação é de proteção, conforto e, no entanto, de expansão.
Essas ideias universais ecoam nas doutrinas do movimento moderno que discute a ideia de adequação no arranjo de cômodos e defende o design que estimule a "doçura da vida".
================================================
Fonte: http://dharmadhannyael.blogspot.com.br/