Pesquisar este blog

Follow by Email

LINK...

terça-feira, 19 de agosto de 2014

OUVINDO A VOZ DE DEUS:



Observe a voz em sua cabeça



Dicas para viver plenamente o presente
Eckhart Tolle
17 de agosto de 2014






"Quando olhamos para a trajetória pessoal de vários mestres, é comum percebermos um momento de ruptura que os tirou da vida cotidiana, fez com que passassem por uma profunda crise existencial - a que muitos autores chamam de "noite escura da alma" - para que, então, despertassem e encontrassem seu verdadeiro caminho.

Com Eckhart Tolle, nascido na Alemanha e graduado na Inglaterra, não foi diferente. Ele mesmo conta, na introdução de seu primeiro livro, O Poder do Agora (Sextante), que, até os 29 anos, vivia em um estado de constante ansiedade, intercalado por períodos de depressão profunda. Foi então que, numa madrugada, acordou com a sensação de pânico mais intensa que já havia experimentado. Inconsolável, não via a menor razão para sua existência. Uma frase não lhe saía da cabeça: "Eu não posso continuar a viver comigo mesmo". De repente, teve uma espécie de insight: se existe um "eu" e um "comigo mesmo", pode ser que apenas um deles seja real.

Assustado com tal percepção, ele notou que o fluxo de seus pensamentos havia parado. Em seguida, um turbilhão de energia tomou conta de seu corpo, que começou a tremer. A frase que lhe vinha agora era: "Não resistas a nada". No dia seguinte, ainda sob o efeito do que tinha acontecido, Eckhart Tolle passou a olhar para tudo como se fosse a primeira vez, maravilhado com a beleza de cada detalhe da vida. Ele se havia dado conta de que a identificação com um "eu" infeliz é apenas uma ficção criada pela mente. Durante dois anos, viveu nesse estado de contemplação e intensa alegria interior. Não tinha casa, emprego, posição social definida e nem mesmo relacionamentos.

Sua condição despertou a curiosidade de muita gente em Londres, que começou a procurá-lo para saber como atingir tamanha paz e plenitude. Tolle lhes dizia que todos nós conservamos esse estado em nosso interior e, portanto, somos capazes de nos iluminar aqui e agora. O único problema está na mente, que faz barulho demais e sempre responsabiliza outras pessoas ou situações por nossa dor. O sofrimento é causado justamente pelo fato de estarmos muito apegados às mágoas e lembranças do passado ou preocupados em tentar controlar o futuro. Nosso grande equívoco seria acreditar que somos nossa mente. Para ele, possuímos uma natureza verdadeira que só pode ser acessada se estivermos completamente presentes no agora.

E foi assim que ele se tornou mestre espiritual e passou a ministrar palestras, realizar workshops e seminários, dar aulas de meditação e fazer aconselhamentos individuais.

Convite ao despertar

"A causa principal da infelicidade não é a situação em si, mas os pensamentos sobre ela. Fique atenta ao que você tem pensado. Separe isso da situação real, que é simplesmente o que é. Em vez de contar histórias, fique apenas com o fato. 'Tenho 50 centavos em minha conta no banco' é um fato. ‘Estou arruinada’ é uma história. Isso a limita e impede que realize uma ação efetiva. Encarar a verdade é sempre fortalecedor."

"Observe a voz em sua cabeça - talvez neste momento ela esteja falando algo -, e reconheça que é a voz do ego, nada mais que um pensamento. Sempre que você a percebe, também pode notar que você não é essa voz, mas aquela que está consciente dela. Dessa maneira, começa a libertação do ego."

"Para onde quer que você olhe, há uma série de evidências sobre a veracidade do tempo - uma maçã que apodrece, seu rosto no espelho comparado a uma foto de 30 anos atrás -, mas, por outro lado, você nunca o experimenta em si. Você só vivencia o instante presente."

"Por que a ansiedade, o estresse e a negatividade aparecem? Porque você sai do presente. E por que você faz isso? Porque pensa que alguma outra coisa é mais importante. Um pequeno erro, uma percepção equivocada cria um mundo de sofrimento."

"As pessoas acreditam que dependem dos acontecimentos para ser felizes. Elas não se dão conta de que os fatos são o que há de mais instável no Universo. Elas olham para o agora como se ele tivesse sido danificado por algo que sucedeu, e não deveria, ou como se estivesse incompleto porque um fato importante não ocorreu. Então, elas perdem a profunda perfeição inerente à vida, a que está além do que se realiza, ou não. Aceite o momento presente e descubra a excelência intocada pelo tempo." "