Pesquisar este blog

Carregando...

Follow by Email

LINK...

domingo, 15 de fevereiro de 2015

IFÁ (ORUMILÁ) - "O DEUS DA REVELAÇÃO":






Orumilá é o senhor dos destinos, é quem rege o plano onírico (sonhos), é aquele que tudo sabe e tudo vê em todos os mundos que estão sob a tutela de Olorum, ele sabe tudo sobre o passado, o presente e o futuro de todos habitantes da Terra e do Céu, é o regente responsável e detentor dos oráculos, foi quem acompanhou Odudua na criação e fundação de Ilé Ìfé, é normalmente chamado em suas preces de: Elérí Ìpín "O testemunho de Deus''.
Acredita-se que Olorum passou e confiou de maneira especial toda a sabedoria e conhecimento possível, imaginável e existente entre todos os mundos habitados e não habitados à Orumilá, fazendo com que desta forma Orumilá tornasse seu representante em qualquer lugar que estivesse. Seu culto já está quase extinto no Brasil e mesmo na África. Torna-se difícil falar de uma divindade cujo culto é pouco divulgado em Templos ou casas de culto. O antigo e verdadeiro sacerdote de Ifá é aquele que sabe o axé poderoso deste jogo e que em sua roça do culto aos Orixás, tinha o entendimento da ciência que se encerra dentro das dezesseis nozes de palma ofertadas a Orumilá e que compreenda perfeitamente a linguagem de suas caídas e o próprio segredo existente dentro delas através de Oxalá e do lado de fora por Elegbará que é o guardião dos segredos cósmicos de todas divindades africanas. Também foi destinado a Ifá o jogo com os caurís (búzios), em que Exu e Oxum possuem o conhecimento do oráculo.
Como surgiu o jogo de Ifá? Como prova de sua indispensabilidade é importante mencionar que, quando Orumilá foi enfurecido por um de seus filhos, deixou a terra e foi para o céu. Com a ausência de Orumilá na Terra, surgiram grandes problemas, a ordem natural de todas as coisas e atividades inverteram-se, quando então, todas as pessoas reclamavam e buscavam alternativas para a paz e normalidade.

ÔPÕN




BANDEJA DE MADEIRA DE ÌRÓKÒ, TRABALHADA. A ESCULTURA
NA PARTE LATERAL DA BORDA DO ÔPÕN, LADO MAIS ESTILIZADO, IDENTIFICANDO O LADO DE EXU
Um sacerdote que faz adivinhação através das nozes de palmas ou mesmo certas favas, é só uma questão de pesquisar profundamente o histórico e antigos sacerdotes que possam ensinar os mistérios do Ifá. A prática deste jogo, só pode ser feita por homens.


Também Orumilá fala e representa de maneira completa e geral todos os Orixás, auxiliando pôr exemplo, um consulente no que ele deve fazer para agradar ou satisfazer um determinado Orixá, obtendo desta forma um resultado satisfatório para o Orixá e para o consulente.
Orumilá sabe e conhece o destino de todos os homens e de tudo o que têm vida em nosso mundo, pois ele está presente no ato da criação do homem e sua vinda a terra, e é neste exato instante que Ifá determina os destinos e os caminhos a serem cumpridos pôr aquele determinado espírito.
É pôr isso que Orumilá tem as respostas para toda e qualquer pergunta que lhe é feita, e que ele têm a solução para todo e qualquer problema que lhe é apresentado, e é pôr esta razão que ele têm o remédio para todas as doenças que lhe forem apresentadas, pôr mais impossível que pareça ser a sua cura.



OPELÊ IFÁ

Ainda vale ressaltar que somente Orumilá e Exú possuem para si um culto individual, onde são feitos adorações totalmente específicas para os mesmos, também são eles os únicos que podem possuir somente em seu culto um sacerdote específico.
Pois como o Camdomblé é uma das culturas mais antigas existentes, necessita-se iniciar-se dentro do universo dos deuses africanos, cumprir com todas as obrigações exigidas dentro da iniciação, estudar e pesquisar com muito afinco, e mesmo assim passará a vida toda buscando por antigos preceitos e axé dos deuses Yorubás.
A beleza escultural e a riqueza é símbolo da natureza e poder de Orumilá.








O MITO - O PRIVILÉGIO DE EXU



Quando Obatalá veio para a Terra trazendo os deuses Yorubás, Exu era tido como o guardião da adivinhação, fazia revelações através da mente e inteligência de Orumilá, sendo então o porta-voz do deus da profecia. Exu - sempre muito esperto - fez um pacto com Ifá e pediu a Orumilá que transmitisse a ele o dom e o poder de profetizar sobre a vida dos homens e dos deuses. Como Exu não trabalha de graça - cobrou-lhe favores e certos privilégios. Exu exigiu que em qualquer instância as oferendas teriam que ser servidas primeiro para ele, tudo seria feito antes dos outros deuses.Oxum, que acompanhava o pacto de Ifá com Exu e também ser companheira de Ifá, questionava-se. Tantas pessoas a consultavam e ela não podia prever, pois não detinha o conhecimento do jogo da adivinhação. Oxum com toda sua diplomacia, queixou-se a Exu, alegando que queria ajudar as pessoas mas não podia, pois não tinha o poder de jogar. Exu então, falou com Orumilá e este permitiu o jogo de dezesseis búzios a Oxum, só que com a condição de Exu responder as perguntas dela dentro do jogo. Exu teve que exercer sua antiga função, cargo este que Exu não mais queria exercer. É por isso que os filhos de Oxum não podem descuidar das obrigações de Exu.


SINCRETISMO CATÓLICO

ESPÍRITO SANTO

Orumilá - Ifá é sincretizado como Divino Espírito Santo, seu culto é aos Domingos, sua cor é branca. Quando se rende homenagem a Ifá, rende-se também a Exu na mesma igualdade.
Orumilá é conhecido por deuses e humanos como ÀMONIO MÓTAN (sábio). É o instruído, organizador da sabedoria e do conhecimento. AFÈDÈFÈYO (comunica em níveis universais e individuais) porque ele fala e entende todas as línguas.


"Salve o Grande Sábio"