Pesquisar este blog

Carregando...

Follow by Email

LINK...

segunda-feira, 26 de outubro de 2015

O PODER ESPIRITUAL DOS CABELOS LONGOS -- CULTURA AMERÍNDIA





Nas culturas Nativo Índio Americanas, homem e mulheres são reconhecidos pelo comprimento e glória de seus cabelos. O corte dos cabelos por opressores há muito tempo representa a submissão e derrota do Povo através da humilhação. Para os ameríndios,a forma como se penteia o cabelo significa o Alinhamento do pensamento, o trançado representa a Unidade de pensamento, o laço é a Garantia de pensar e cor, a Convicção do pensamento.

Cada penteado representa uma estrutura da mente.

O cabelo longo é compreendido como a extensão do pensar, como o fio da meada. Penteados são especialmente importantes para diversas festas e reuniões, cada estilo indica alegria ou tristeza em um determinado momento, se a pessoa é casada ou solteira, sua idade e status na tribo. É a representação dos sentimentos e sua situação na vida mundana. Diferentes estilos indicam a qual tribo se pertence e se são tempos de guerra ou de paz. O cabelo não é apenas um acessório fashion para a estética, ele é literalmente a expressão espiritual do ser e sua fonte de força, intuição e poder.


A ciência do cabelo longo

Nós geralmente pensamos que o cabelo é simplesmente uma preferencia pessoal, mas na realidade, é muito mais do que isso. A natureza coloca cada cabelo/pelo em nosso corpo por uma razão. Os pelos das pernas regulam o sistema de glândulas e estabiliza o campo eletromagnético pessoal. Os pelos nas axilas protegem a área que é muito sensível, onde os sistemas nervoso simpático e parassimpático se encontram, o que afeta o cérebro e seu nível de energia.

As sobrancelhas protegem os olhos do sol e do calor. O pelo facial nos homens cobrem o centro no queixo (barba) e os protege da energia excessiva da Lua. O cabelo do topo da cabeça é longo enquanto o do corpo é curto. Se sua função fosse apenas esquentar (calor), o cabelo/pelo do corpo seria longo também. Além de que o cabelo no topo da cabeça protege a moleira da exposição excessiva ao sol, canalizando-a e melhorando a absorção de vitamina D do corpo. Nós somos praticamente as únicas criaturas dessa forma. Alguns dizem que o cabelo é como uma antena que percebe o mundo sutil em torno de você, para dizer quando as pessoas estão mentindo, de sentir as coisas antes que elas aconteçam, etc …

A inteligência natural do corpo mantém os cabelos e pelos. Se você permite seu crescimento livremente, ele irá crescer até certo ponto em que perderá sua força até que volte a crescer novamente. Talvez você tenha notado entre os Sikhs que não cortam o cabelo que o seu comprimento varia para cada pessoa da tribo. Cada corpo tem seus próprios requerimentos. No cabelo também é refletido a saúde do indivíduo.



Foi comprovado cientificamente que as pessoas que tem cabelos longos tendem a ser mais energéticas e menos inclinadas a depressão. O cabelo longo também auxilia gerando calor, protegendo do frio do inverno ao invés das pessoas de cabelo curto que para isso tem que gastar muito mais energia corpórea. Outro fato interessante, quem corta o cabelo durante toda a vida obriga o organismo a crescer 22 metros de cabelo de substituição. Já quem mantém seu cabelo sem cortar, produz apenas 1,5 metros durante sua vida.

Pense sobre a história de Samsão e Dalila da Bíblia, ele perde sua força quando ela corta seu cabelo! Outro exemplo do poder do cabelo é encontrado na China, quando os povoados eram conquistados por Genghis Khan, ele fez todos cortarem os cabelos e a usarem franja sobre a testa com a finalidade de humilhar e cobrir terceiro olho, inibindo intuição e conhecimento sutil.
Outras funções

O cabelo é um condutor de energia do corpo! Você já viu como o fio da antena de um rádio AM é enrolada em um círculo? Isso acontece por algo chamado de indução, que acontece com qualquer condutor de energia eletromagnética para induzir uma corrente em condutores adjacentes. Ele conduz a energia do corpo.

Além de absorver informações, o cabelo também tem a capacidade de emitir padrões de energia e frequências para o meio ambiente. Isto também foi visto em experiências que envolvem o cabelo realizadas pelo fotografo Kirlian em que ele faz um paralelo entre aAura e as cores, para mais informações sobre seu projeto clique aqui.

O Yogi Bhajan foi um rico emigrante indiano e guru, que introduziu Kundalini Yoga para os Estados Unidos. Sobre cortar o cabelo, ele disse:


“Nosso estilo de cabelo nos dias de hoje é apenas por moda, mas se investigarmos a fundo, descobriremos que temos nos privado de uma das mais ricas fontes de energia vital para o ser. Quando os cabelos são deixado atingir a sua idade completa, o comprimento maduro, o fósforo, cálcio e vitamina D são todos produzidos e introduzidos ao fluido linfático e eventualmente, ao fluido espinhal através das duas condutas na parte superior do cérebro. Esta troca iônica cria memória mais eficiente e leva a uma maior energia física, melhora a resistência, e paciência … O seu cabelo não está lá por engano. Ele tem um propósito definido, que os santos sentem e os homens rirem.”

Eu acho que os nativos tinham razão ao tratarem os fios como um componente necessário para a sua vida espiritual. Eu pessoalmente já tive o cabelo bem curto, mas tenho o deixado crescer há anos. Eu me sinto mais natural e mais sintonizada a mim mesma quando está longo. Se realmente foram feitos à imagem de algo divino, porque não abraçar o nosso estado natural? :)

Fonte: Spirt and Metaphysics

https://ograndejardim.wordpress.com/2015/04/25/o-poder-espiritual-dos-cabelos-longos-cultura-amerindia/