Pesquisar este blog

Carregando...

Follow by Email

LINK...

domingo, 29 de novembro de 2015

DESCUBRA QUEM VOCÊ FOI NUMA VIDA PASSADA…


A ideia de que nossas almas ou espíritos reencarnam passa pela cabeça do ser humano há pelo menos 3.000 anos. As divagações sobre o assunto podem ser encontradas nas antigas tradições da Índia, Grécia e os druidas celtas. É uma crença tentadora – que nossos espíritos não estão confinados a sete, oito ou nove décadas de vida na Terra (se tivermos sorte), mas que vivemos antes e que viveremos novamente.

O que você acha? Você acredita que você já viveu uma vida passada, crescendo, trabalhando, amando e sofrendo por razões e em papeis diferentes dos que você vive hoje? Talvez você fosse de uma etnia diferente, classe sócio-econômica, ou até mesmo do outro sexo. Alguns até acreditam que poderiam ter sido de outra espécie – um cão, gazela, ou peixe, talvez.

Aqueles que acreditam em vidas passadas sugerem que pode haver pistas para sabermos como nossas vidas passadas foram. São elas:
DÉJÀ VU



A maioria de nós já experimentou a sensação estranha de déjà vu – a sensação súbita e surpreendente de que um evento que estamos passando no presente já aconteceu. O psicólogo Arthur Funkhouser quebrou esse fenômeno em sub-categorias: vécu déjà – um evento que já experimentamos ou vivemos; déjà senti – algo que já sentimos, talvez provocado por uma voz ou música; e visite déjà – um lugar tão familiar que sentimos que já estivemos lá antes.



Enquanto cientistas e psiquiatras insistem que há explicações neurológicas para esses fenômenos, outros se perguntam se esses sentimentos estranhos poderiam ser vagas, fugazes memórias de vidas passadas. Você entra em uma casa ou edifício, por exemplo, em uma cidade que nunca visitou antes. No entanto, todos os detalhes do lugar são familiares. Você sabe o que está na sala ao lado, e você sabe o que vai encontrar ao subir as escadas. Você tem a sensação esmagadora de que você já esteve lá antes. Como não acreditar?
MEMÓRIAS ESQUISITAS



Crianças têm “memórias” de eventos da infância que nunca sabemos se realmente aconteceram. Elas estão apenas se lembrando de fantasias, de mal-entendidos de uma criança, ou mesmo de um sonho que agora elas interpretam como realidade? Ou elas estão lembrando de algo que aconteceu com elas antes mesmo de nascerem nesta vida?

A memória humana é cheia de erros e incongruências, e dá para ter certeza de que muitos de nós temos memórias de coisas que a família e os amigos podem atestar que nunca ocorreram. Então a questão é: será que a nossa memória falhou, ou realmente temos uma lembrança vívida daquilo?
SONHOS E PESADELOS



Sonhos recorrentes e pesadelos também têm sido sugeridos como possíveis memórias ou ao menos indícios de vidas passadas. Muita gente experimenta este tipo de sonho recorrente. Há locais, ou personagens com detalhes específicos que surgem nos sonhos várias vezes, no entanto, são lugares em que você nunca esteve e pessoas que você nunca viu. Será que você conheceu tudo isso muito antes de ter nascido?

Da mesma forma, podem ser os pesadelos reflexos de traumas de vidas passadas que se agarraram ao seu espírito e assombram o seu sono?
MEDOS E FOBIAS



De onde seus medos e fobias vêm? O medo de coisas como aranhas, cobras e alturas parece ser construído sobre a psique humana como parte do nosso instinto de sobrevivência evoluído. No entanto, muitas pessoas sofrem de fobias que são completamente irracionais. O medo de pássaros, de números, de espelhos, de plantas, de cores específicas…a lista só cresce. As pessoas sofrem de todos os tipos de fobias bizarras.

Enquanto vários anos no divã de um psicólogo podem chegar à raiz desses medos estranhos, talvez valha a pena se perguntar se essas fobias foram transportadas de uma vida anterior com você. Será que o medo de água indica uma morte anterior por afogamento? Poderia um medo da cor vermelha sugerir, por exemplo, que uma pessoa foi atingida ou morta por um carro vermelho?
AFINIDADE POR UMA OU MAIS CULTURAS ESTRANGEIRAS



Você provavelmente conhece uma pessoa que nasceu e foi criada no Brasil, mas que está muito interessada, a ponto de obsessão, com outras culturas. Gente com muita aptidão para aprender outras línguas, gente que se encanta e encontra um incomum senso de familiaridade com pessoas de outros países.

Há gente que curte muitas culturas do planeta, modernas e antigas, mas que parece não ter justificativa para essas obsessões e identificações. Por quê? Elas estão apenas tentando encontrar familiaridade em uma cultura, ou realmente vivenciaram aqueles valores culturais há 100, 1000 anos atrás?
PAIXÕES E APTIDÕES



É bom ter hábitos, objetos e afazeres pelos quais somos apaixonados, contanto que eles não se tornem obsessivos ou debilitantes. Mas de onde é que esses paixões surgem? Livros, arte, antiguidades, moda, jardinagem, teatro, carros, trens, aviões, música, dança, artes marciais, o paranormal – ou qualquer outra disciplina…de onde essas aptidões e esse interesse se originam? De onde vem o talento inato de algumas pessoas para coisas tão específicas?
HÁBITOS DESCONTROLADOS



O lado escuro das paixões são os hábitos descontrolados e obsessões que tomam a vida das pessoas e podem marginalizá-las na sociedade. Obsessivos-compulsivos e viciados se encaixam nesta categoria. Um homem que tem que acender a luz e desligá-la dez vezes antes de ele deixar a sala; uma mulher que coleciona jornais e tem pilhas de seis metros de altura deles por toda a sua casa porque ela não pode suportar se livrar deles…

Cada um de nós tem pelo menos um mau hábito, de morder as unhas até fofocar e a procrastinar. As formas extremas incluem dependência de tudo, desde a televisão até as drogas. Mais uma vez, explicações psicológicas podem ser encontradas para estes hábitos poucos controláveis, mas aqueles que acreditam na reencarnação dizem que tudo isso pode ter raízes em vidas passadas.
DORES E SENSAÇÕES INEXPLICÁVEIS



Você tem dores que os médicos não conseguem identificar ou para as quais eles não conseguem encontrar uma explicação? Você pode ser identificado como um hipocondríaco – uma pessoa que imagina que tem doenças. Mas essas dores misteriosas, feridas, cólicas, poderiam ser reflexos de sofrimentos que você suportou numa existência anterior?
MARCAS DE NASCENÇA



Marcas de nascença têm sido apontadas como evidências para a reencarnação. Em um caso fascinante, um menino indiano alegou lembrar-se da vida de um homem chamado Maha Ram, que foi morto por um tiro de espingarda disparado à queima-roupa. Este menino tinha uma série de marcas de nascença no centro do peito que pareciam que poderiam corresponder a um tiro de espingarda. Assim, a história foi verificada. De fato, existiu um homem chamado Maha Ram que foi morto por um tiro de espingarda no peito. Um relatório da autópsia registrou ferimentos no peito do homem – que corresponderam diretamente às marcas de nascença do garoto.

De forma semelhante, outros traços físicos – até mesmo deformidades – têm sido sugeridos como precedentes da vida antiga de uma pessoa.



Como foi observado, certamente há ou poderia haver explicações médicas, psicológicas ou sociais de cada um dos fenômenos acima, e sua experiência com qualquer um deles não significa necessariamente que eles podem ser atribuídos a uma vida passada. Afinal, embora haja algumas evidências convincentes para a reencarnação e vidas passadas, nada disso é um fato comprovado. No entanto, nada nos impede de pensarmos em possibilidades e outras alternativas, e a noção de que temos vivido antes e que iremos viver de novo é realmente fascinante. Falar disso pode não resolver mistério algum, mas é certamente algo curioso e especial.

E você, acredita nesse tipo de teoria?

____

Fonte: MacacoVelho