Pesquisar este blog

Follow by Email

LINK...

quinta-feira, 5 de janeiro de 2017

EVENTOS ASTRONÔMICOS: CONFIRA OS PRINCIPAIS DE 2017




O ano de 2016 foi bem movimentado com relação a missões e eventos espaciais. Por exemplo, o céu foi iluminado pela maior superlua em mais de 70 anos, a sonda Juno entrou na órbita de Júpiter após 5 anos de viagem e a estação espacial Schiaparelli pousou na superfície de Marte.
Ondas gravitacionais e flor no espaço: relembre fatos da ciência em 2016

Veja abaixo quais eventos astronômicos devem marcar o ano de 2017:
1) Céu cheio de meteoros




Se você acredita na superstição de pedir um desejo quando um meteoro rasga o céu, se prepare pois será possível ver vários deles em 2017. Confira uma lista com os principais:
Lirídeas – 21 e 22 de abril
Aquarídeas – 28 e 29 de julho
Perseídeas – 12 e 13 de agosto
Orionídeas – 21 e 22 de outubro
Leonídeas – 17 e 18 de novembro
Geminídeas – 13 e 14 de dezembro
2) Eclipse total do Sol



Em 21 de agosto, acontecerá o primeiro eclipse total do Sol desde março do ano passado. Ele terá duração de 2 minutos e 40 segundos, e poderá ser visto parcialmente na América do Sul.

O eclipse em questão será total para os moradores dos Estados Unidos. Caso você esteja por lá nesta data, fique atento.
3) Missões espaciais



Uma grande missão deve se encerrar em 2017. A sonda Cassini, que está a quase 20 anos no espaço, irá terminar seu serviço e “mergulhar” na superfície de Saturno, após passar os últimos 12 anos estudando os anéis e luas do planeta.

A Nasa também irá lançar dois novos instrumentos de observação para a Estação Espacial Internacional. E no final do ano, também será lançado o Tess (sigla em inglês para Satélite de Pesquisa de Exoplanetas em Trânsito), uma espécie de “caça-planetas”, que é bancado por diversas empresas privadas.
4) Apenas uma superlua



2016 foi marcado pela aparição de três superluas. Já em 2017 será possível ver apenas uma: seu perigeu será em 4 de dezembro.

Nos meses de maio e junho, também haverá superluas. Contudo, o nosso satélite não estará em sua fase cheia.


5) Júpiter mais próximo



O maior planeta do sistema solar terá sua maior aproximação com relação à Terra no dia 7 de abril. O fenômeno poderá ser visto durante as noites de março até maio.

Outro planeta do Sistema Solar também ganha destaque em nossos céus. Vênus poderá ser visto mais facilmente entre janeiro e fevereiro.
Texto por Augusto Ikeda, edição por Igor Miranda.