Pesquisar este blog

Follow by Email

LINK...

sábado, 13 de maio de 2017

PRETOS VELHOS - CARACTERÍSTICAS, FRASES, IMAGENS E NOMES




Pretos velhos são entidades de umbanda, espíritos que se apresentam em corpo fluídico de velhos africanos que viveram nas senzalas, majoritariamente como escravos que morreram no tronco ou de velhice, e que adoram contar as histórias do tempo do cativeiro. São divindades purificadas de antigos escravos africanos. Sábios, ternos e pacientes,dão o amor, a fé e a esperança aos "seus filhos".
O preto velho, na umbanda, está associado aos ancestrais africanos, assim como o caboclo está associado aos índios e o baiano aos imigrantes nordestinos.


São entidades que tiveram pela sua idade avançada, o poder e o segredo de viver longamente através da sua sabedoria, apesar da rudeza do cativeiro demonstram fé para suportar as amarguras da vida.
São ligados a vibração de Omolu, são mandingueiros poderosos, com seu olhar perscrutador sentado em seu banquinho, fumando seu cachimbo, benzendo com seu ramo de arruda, rezando com seu terço e aspergindo sua água fluidificada, demandam contra o baixo astral e suas baforadas são para limpeza e harmonização das vibrações de seus médiuns e de consulentes. Muitas vezes se utilizam de outros benzimentos, como os utilizados pelo Pai José de Angola, que se utiliza de um preparado de "guiné" (pedaços de caule em infusão com cachaça) que coloca nas mãos dos consulentes e solicita que os mesmos passem na testa e nuca, enquanto fazem os seus pedidos mentalmente; utiliza-se também de vinho moscatel e café, que são suas bebidas preferidas.




A característica desta linha seria o conselho, a orientação aos consulentes devido a elevação espiritual de tais entidades, são como psicólogos, receitam auxílios, remédios e tratamentos caseiros para os males do corpo e da alma.

Na Umbanda os Pretos velhos são homenageados no dia 13 de maio, data que foi assinada a Lei Áurea, a abolição da escravatura no Brasil.
A linha de Preto velho, na Umbanda, são entidades que se apresentam estereotipados como anciãos negros conhecedores profundos da magia Divina e manipulação de ervas, o qual aplicam frequentemente em sua atuação na Umbanda, porém no Candomblé são considerados Eguns.




Vovó Maria Conga na forma que se apresenta no Kardecismo

Muitos Pretos velhos podem apresentar-se como Tio, Tia, Pai, Mãe, Vó ou Vô, porém todos são Pretos velhos.
Eles comem tutu, café sem açúcar, manjar, bolo de fubá, doce de abóbora, mandioca, arroz doce, bolo de milho, pamonha, cural e etc. Alguns tomam chá, com folhas específicas da linha de pretos velhos, café, e outros tomam vinho tinto.





Os pretos velhos apresentam-se com nomes de individualizam sua atuação, do Congo, de Angola, evidenciando sua atuação propriamente dita e procedência.


Em sua linha de atuação eles apresentam-se pelos seguintes codinomes, conforme acontecia na época da escravidão, onde os negros eram nominados de acordo com a região de onde vieram:


• Congo -->Ex: (Pai Francisco do Congo), refere-se a pretos velhos ativos na linha de Iansã;
• Aruanda --> Ex: (Pai Francisco de Aruanda), refere-se a pretos velhos ativos na linha de Oxalá. (OBS: Aruanda quer dizer céu);
• D´Angola --> Ex: (Pai Francisco D´Angola), refere-se a pretos velhos ativos na linha de Ogum;
• Matas -->Ex: (Pai Francisco das Matas), refere-se a pretos velhos ativos na linha de Oxóssi;
• Calunga, Cemitério ou das Almas --> Ex: (Pai Francisco da Calunga, Pai Francisco do Cemitério ou Pai Francisco das Almas), refere-se a pretos velhos ativos na linha de Omolu/ Obaluayê;


Entre diversas outras nominações tais como: Guiné, Moçambique, da Serra, da Bahia, etc...





Exemplos de nomes :

- Pai Cambinda (ou Cambina),
- Pai Roberto, Pai Cipriano
- Pai João ,Pai Congo
- Pai José D'Angola
- Pai Benguela
- Pai João
- Pai Jerônimo
- Pai Francisco
- Pai Guiné
- Pai Joaquim
- Pai Antônio
- Pai Serafim
- Pai Firmino D'Angola
- Pai Serapião
- Pai Fabrício das Almas
- Pai Benedito
- Pai Julião
- Pai Jobim
- Pai Jobá
- Pai Jacó
- Pai Caetano
- Pai Tomaz
- Pai Tomé
- Pai Malaquias
- Pai Dindó
- Tia Maria de Minas
- Tia Rosa
- Vovó Maria Conga
- Vovó Manuela


- Vovó Chica
- Vovó Cambinda (ou Cambina)
- Vovó Ana
- Vovó Maria Redonda
- Vovó Catarina
- Vovó Luiza
- Vovó Rita
- Vovó Gabriela
- Vovó Quitéria
- Vovó Mariana
- Vovó Maria da Serra
- Vovó Maria de Minas
- Vovó Maria do Guiné
- Vovó Rosa da Bahia
- Vovó Maria do Rosário
- Vovó Benedita.

Obs: Normalmente os Pretos-Velhos tratados por Vovô ou Vovó são mais “velhos” do que aqueles tratados por Pai, Mãe, Tio ou Tia).






Minha singela homenagem a Vovó Maria do Guiné








Queridos leitores, peço a vocês que leiam as perguntas postadas nos comentários antes, pois as vezes a sua dúvida é a mesma de alguém que já escreveu :)
E no blog temos um post com as melhores perguntas e respostas, para ajudar de forma mais eficiente as pessoas que tem dúvidas.

http://espiritualizandoja.blogspot.com.br/2014/01/perguntas-e-respostas-ao-blog.html